Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÃO MUNICIPAL

Pesquisa eleitoral revela liderança de Jussara, ex-prefeita, em Lavras

Jussara Menicucci, do PSB, está cerca de cinco pontos percentuais acima de Dâmina Pereira, do Podemos


09/10/2020 12:01 - atualizado 13/10/2020 18:40

Corrida na cidade do Sul mineiro deve ser polarizada entre Jussara Menicucci e Dâmina Pereira.(foto: Facebook/Prefeitura de Lavras)
Corrida na cidade do Sul mineiro deve ser polarizada entre Jussara Menicucci e Dâmina Pereira. (foto: Facebook/Prefeitura de Lavras)
A corrida eleitoral em Lavras, no Sul de Minas, tem duas mulheres na ponta: a ex-prefeita Jussara Menicucci (PSB) lidera a disputa, com 31,76%. Em segundo lugar, está a ex-deputada federal Dâmina Pereira, com 25,88%. Os dados compõem pesquisa da F5 Atualiza Dados, encomendada pela TV Alterosa e divulgada pelo Estado de Minas.

Lindomar de Sousa (PSL) soma 8,07% das intenções de votos. Em quinto, vem Professor Volpato (PT), com 2,69%. Dehon Tratores, do PMN, tem 2,18% e ocupa a última colocação. Indecisos são 16,47%.

Brancos e nulos equivalem a 12,94% do eleitorado. Os números representam o cenário estimulado, em que entrevistadores apresentam os postulantes aos entrevistados.



Na cena espontânea, em que os nomes não são falados aos participantes, Jussara lidera, com 27,23%. Perto dela, estão os 24,2% de Dâmina. As duas são separadas pelo percentual de indecisos, que representa 25,55% do eleitorado.

Brancos e nulos somam 11,76%. Lindomar tem 7,06%, enquanto Professor Volpato e Dehon Tratores possuem, respectivamente, 2,18% e 2,02%.

Dâmina e Jussara ‘lideram’ rejeição

Para o diretor-executivo da F5, Domilson Coelho, a disputa tende a ser polarizada entre Jussara e Dâmina. Ele crê que a decisão está, principalmente, nas mãos dos indecisos. A eleição vai ficar muito acirrada entre as duas.

“Ambas têm capital político, mas a gente percebe que a aceitação da Jussara é maior”, afirma.

As duas são, justamente as que têm mais rejeição dos lavrenses: 15,29% dizem não votar em Dâmina; 13.45% rechaçam Jussara. Outros 18,49% afirmaram não optar por nenhum dos concorrentes.

Dehon Tratores e Lindomar têm 9,41% de rejeição cada. Professor Volpato, 8,57%. Há, ainda, 8,91% que consideram votar em todos.

Mais de 50% dizem que opção é definitiva


Segundo o levantamento da F5 Atualiza Dados, 51,43% do eleitorado local afirma ter a decisão tomada quanto ao voto no pleito que se avizinha. A escolha é tida como momentânea por 32,77%, enquanto 8,24% classificam a opção como inicial.

O prefeito José Cherem (PSD) tem a gestão avaliada como regular por 34,45% dos lavrenses. Outros 30,92% dizem que a gestão é boa, enquanto 15,13% classificam o mandato como péssimo. Ótimas avaliações são 7,39%; ruins, 11,43%. Menos de 1% não soube responder.

A pesquisa


Para construir o levantamento, o instituto ouviu 595 eleitores locais entre os dias 5 e 6 deste mês. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança das estatísticas coletadas é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) sob o protocolo MG-02358/2020.

Alianças


O PSB de Jussara Menicucci construiu aliança com Republicanos, PTB, MDB, PL e PSDB. O Podemos, de Dâmina, firmou acordos com PV, PP, PDT e PSD.

Dehon Tratores participa da disputa sem alianças com outras legendas, assim como o petista Volpato. O pesselista Lindomar, por sua vez, tem os apoios de PRTB, Avante e Patriota.

A eleição municipal está agendada para o dia 15 do próximo mês.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade