Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÃO MUNICIPAL

Varginha: prefeito que assumiu em abril mantém a ponta na disputa eleitoral

Verdi Lúcio Melo, do Avante, tem cerca de 40% das intenções de voto na cidade; vice-líder tem pouco mais de 15%


24/09/2020 12:00 - atualizado 24/09/2020 12:22

Verdi Lúcio Melo dirige a cidade de Varginha desde meados deste ano.(foto: Reprodução/Redes Sociais)
Verdi Lúcio Melo dirige a cidade de Varginha desde meados deste ano. (foto: Reprodução/Redes Sociais)
O atual prefeito de Varginha, na Região Sul de Minas Gerais, Verdi Lúcio Melo (Avante), mantém a liderança na disputa rumo à reeleição, com 40,37% das intenções de voto. É o que mostra levantamento da F5 Atualiza Dados, encomendado pela TV Alterosa e divulgado pelo Estado de Minas. O segundo colocado, Rogério Bueno, soma 15,58%. Os dois são separados por grande índice de pessoas que pretendem se manifestar de forma nula ou em branco: 17,92%.

Verdi teve aumento de quase sete pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, divulgada em 13 de agosto. À época, 33,67% do eleitorado havia manifestado a preferência por seu nome. Bueno, que é vereador e deixou o PT rumo ao PSB, tinha 11,22%.

O chefe do Executivo municipal assumiu o cargo em abril, após o antecessor, Antônio Silva (PTB) — do qual era vice — renunciar em meio à pressão pela abertura do comércio, fechado por causa da pandemia do novo coronavírus.

O número de indecisos diminuiu: se, anteriormente, 27,81% não sabia em quem votar, o percentual, agora, é de 13,74%. Vereador, Zacarias Piva (PSL) é o terceiro nome na preferência dos varginhenses, com 6,7%. Ele é seguido por Maria da Penha (Psol) e Anderson Martins (PSDB), que têm, respectivamente, 3,18% e 1,51% das intenções

Jonas Loureiro (PCdoB) e Demétrio Junqueira (Rede) ocupam as duas últimas posições. Eles não atingiram um ponto percentual.

Muitos indecisos em cena ‘espontânea’


No cenário espontâneo, em que não são apresentados os nomes de possíveis candidatos aos eleitores, o prefeito tem 29,15% da preferência. Nesse cenário, porém, ele é superado pelos indecisos, que somam 33,33%. Há, ainda, 19,77% de brancos e nulos.

No que tange aos postulantes, o vice-líder na pesquisa espontânea também é Rogério Bueno, com 10,55%. Zacarias Piva, por sua vez, tem 4,02%. A pessolista Maria da Penha angaria 1,82% das intenções de voto. Anderson Martins, Jonas Loureiro e Demétrio Junqueira não chegaram a um ponto.

Para o diretor-executivo da F5, Domilson Coelho, a gradual confirmação das candidaturas junto à Justiça Eleitoral vai dando forma à disputa.

“Na pré-campanha, trabalhamos com hipóteses. Com as candidaturas sendo concretizadas, o cenário se desenha melhor e o eleitor já tem condição de escolher seu candidato”, afirma.

Verdi tem boa avaliação


Os meses do filiado ao Avante à frente de Varginha são bem vistos pela população. Conforme os dados da F5, 51,09% dos locais creem que o prefeito faz boa gestão. A administração de Verdi Lúcio é vista como ótima por 10,72% e como regular por 23,79%.

Há, ainda, 5.86% que avaliam o mandato como ruim e 6,03% que classificam a gestão como péssima. Ainda de acordo com os números, 60,58% dos que declararam voto em Verdi afirmam que a opção é definitiva.

A pesquisa


O levantamento foi feito entre os dias 21 e 22 deste mês. Foram entrevistados 597 eleitores varginhenses. A margem de erro é de 4 pontos percentuais — para mais ou para menos — e o nível de confiabilidade dos dados coletados é de 95%.

Os partidos têm até o próximo dia 26 para oficializar as candidaturas junto à Justiça Eleitoral. O primeiro turno está marcado para ocorrer em 15 de novembro.

O segundo turno, previsto para o dia 29 do mesmo mês, só é previsto em cidades com mais de 200 mil votantes. A regra não se aplica a Varginha, que tem 99.159 pessoas aptas a votar.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade