Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÃO EM BH

Chapa 'caseira': PCdoB escolhe ex-deputado Wadson Ribeiro para a disputa à PBH

Partido terá candidatura própria na capital mineira após 12 anos


16/09/2020 17:30 - atualizado 16/09/2020 18:24

Ao lado da jovem Kátia Vergilio, Wadson representará o PCdoB na corrida eleitoral em BH.(foto: Rafael Freire)
Ao lado da jovem Kátia Vergilio, Wadson representará o PCdoB na corrida eleitoral em BH. (foto: Rafael Freire)
O PCdoB definiu, nesta quarta-feira, a chapa que vai representar a sigla na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte. Wadson Ribeiro, ex-deputado federal, será candidato ao lado de Kátia Vergílio, de trajetória ligada à luta por moradia na capital.

Durante parte da gestão de Fernando Pimentel (PT) no governo estadual, Wadson foi secretário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais. Aos 44 anos, foi, também, secretário-executivo do Ministério do Esporte durante o governo Lula. Em parte da legislatura passada, ocupou cadeira na Câmara dos Deputados.

O PCdoB disputará cadeiras na Câmara Municipal com 50 candidaturas. Uma delas é a da ex-deputada federal Jô Moraes

Wadson citou a necessidade de gerar empregos na cidade, sobretudo por conta dos impactos da pandemia do novo coronavírus. Ele destacou, ainda, a necessidade de obras de infraestrutura, principalmente em virtude do período de chuvas que se avizinha.

“Imagina se tivéssemos um programas de obras ousado em Belo Horizonte: quantos empregos não geraríamos?”, indagou. Ele garantiu, ainda, promover auditoria nas contas das empresas de ônibus.

Segundo Wadson, a cidade precisa de tarifas mais baratas. Por que o transporte, além de ser público, não pode ser gratuito? Por que quem tem que bancar os custos do transporte é o pobre coitado que usa o ônibus? Precisamos criar um fundo municipal de transporte, pois precisamos fazê-lo ser gratuito”, afirmou.

PCdoB volta a ter candidatura após 12 anos


Os comunistas apostam em candidatura própria a prefeito de Belo Horizonte após três eleições de hiato. Em 2008, Jô Moraes disputou a eleição em coligação com o PRB.

Nas eleições de 2012 e 2016, contudo, o partido formou alianças com Patrus Ananias e Reginaldo Lopes, representantes do PT nos respectivos pleitos.

Corrida à PBH em 2020:   

16 candidatos confirmados

  • Marcelo de Souza e Silva (Patriota)
  • Áurea Carolina (Psol)
  • Rodrigo Paiva (Novo)
  • Fabiano Cazeca (Pros)
  • Nilmário Miranda (PT)
  • Professor Wendel Mesquita (Solidariedade)
  • Alexandre Kalil (PSD)
  • Igor Timo (Podemos)
  • Wanderson Rocha (PSTU)
  • Lafayette Andrada (Republicanos)
  • Marília Domingues (PCO)
  • Bruno Engler (PRTB)
  • Cabo Washington Xavier (PMB)
  • Luisa Barreto (PSDB)
  • Wadson Ribeiro (PCdoB)
  • João Vítor Xavier (Cidadania)

Ainda é pré-candidato:

  • Fernando Borja (Avante)

Prazos eleitorais:

31 de agosto a 16 de setembro: realização das convenções partidárias para definição de coligações e escolha dos candidatos. As convenções podem ocorrer por meio virtual.

31 de agosto a 26 de setembro: período para o registro de candidaturas. Início do prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e emissoras de rádio e TV para elaboração do plano de mídia.

27 de setembro: início da propaganda eleitoral, inclusive na internet

15 de novembro: 1º turno das eleições

29 de novembro: 2º turno das eleições (se necessário)

15 de dezembro: último dia para entrega das prestações de contas

18 de dezembro: prazo final para diplomação dos eleitos  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade