Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Mateus Simões é exonerado do Governo de Minas para tratar assuntos particulares

Secretário-geral deixará o cargo por um breve período e será substituído por Marcel Beghini


postado em 16/07/2020 10:21 / atualizado em 16/07/2020 10:33

Simões deve retornar ao cargo de secretário-geral de Estado na próxima semana(foto: Gil Leonardi/Governo de Minas)
Simões deve retornar ao cargo de secretário-geral de Estado na próxima semana (foto: Gil Leonardi/Governo de Minas)
Secretário-geral de Estado do Governo de Minas desde março deste ano, Mateus Simões foi exonerado do cargo nesta quinta-feira, conforme consta em publicação no Diário Oficial de Minas Gerais. Segundo o Executivo e o próprio político, a saída será temporária, para que Simões trate de assuntos pessoais.

“O secretário-geral do Estado, Mateus Simões, foi exonerado do cargo nesta quinta-feira, para tratar de assuntos particulares. Ele retornará às funções na próxima semana”, diz comunicado do governo enviado ao Estado de Minas.

A reportagem também entrou em contato com Mateus Simões. Ele disse que pediu a liberação para tratar dos assuntos pessoais e que Marcel Beghini, secretário-geral adjunto de Estado, assumirá o cargo durante a ausência.

“Serei nomeado novamente na sequência. Mas pedi ao governador para que me liberasse por por um curto período, para resolver umas questões pessoais. Na semana que vem já estarei de volta ao trabalho. Meu adjunto, Marcel Beghini, responderá na minha ausência”, afirmou Simões, advogado e vereador de Belo Horizonte de janeiro de 2017 a março de 2020.

Também advogado, Beghini foi assessor e chefe do gabinete de Simões durante o mandato como vereador na Câmara Municipal de BH. Antes de se tornar secretário-geral adjunto, em maio deste ano, Beghini atuou como chefe de gabinete da Secretaria-Geral do Estado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade