Publicidade

Estado de Minas

Garoto de 7 anos 'anima' avião com gritos de apoio a Bolsonaro

Mineiro Pedro Lucas Guerra, o Capitão Guerra Mirim, é participante conhecido de manifestações de direita em Belo Horizonte e no Brasil


postado em 10/07/2020 18:35 / atualizado em 10/07/2020 19:24

(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Um menino de 7 anos, vestido com uma fantasia de farda do Bope de Minas Gerais, fez uma “pesquisa” da aprovação do presidente Jair Bolsonaro entre passageiros de um voo lotado. Em pé no corredor sobre duas cadeiras, Pedro Lucas Guerra, conhecido como Capitão Guerra Mirim, pergunta pelo menos três vezes a quem está no avião: “Aqui é Bolsonaro ou não é?”. Os passageiros, boa parte filmando e sem máscaras de proteção contra o coronavírus, respondem com gritos de apoio ao presidente.

 

 

 

Um usuário do Twitter postou um vídeo da manifestação, e questionou: “Imagina você entrar num avião. E pouco antes de decolar acontece isso. O que você faria?”. Parte dos internautas respondeu que abandonaria o avião, e alguns afirmaram que o voo foi fretado por bolsonaristas, o que explicaria a resposta positiva. O jornalista Reinaldo Azevedo comentou, respondendo a pergunta da postagem: “Denunciaria os pais por uma variante de molestamento infantil”. 

 

Pedro Lucas é fã do presidente Jair Bolsonaro e personagem conhecido de manifestações de direita em Belo Horizonte e em todo o Brasil. Em 29 de junho, ele estava em um protesto contra o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e a favor da reabertura do comércio da capital mineira, em frente à Prefeitura. 

 

O pai do menino, o empresário Rafael Guerra, contou ao Estado de Minas que a admiração por policiais começou durante a campanha eleitoral de 2018. “Hoje ele tem todas as fardinhas: da PM, do Bope, da Rotam e por aí vai. Ele adora e agora resolveu que vai mesmo ser um policial militar”, disse. 

 

O menino tem mais de 10 mil seguidores no Instagram, onde usa o nome “Bolsonarinho” na descrição. O perfil tem fotos com figuras da direita Sara Winter, Allan Terça Livre, Gabriel Monteiro e do governo, como o General Augusto Heleno, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e com o próprio presidente Bolsonaro. 

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade