Publicidade

Estado de Minas PIADAS E CRÍTICAS

Força Covid: usuários do Twitter ironizam Bolsonaro; veja os memes

Presidente testou positivo para a doença, segundo site vinculado à TV Bandeirantes. Paulo Coelho critica reação


postado em 06/07/2020 21:46 / atualizado em 06/07/2020 22:29

Presidente Jair Bolsonaro foi alvo de piadas no Twitter nesta segunda-feira (6) após admitir que apresenta sintomas da COVID-19(foto: Reprodução/TV Brasil)
Presidente Jair Bolsonaro foi alvo de piadas no Twitter nesta segunda-feira (6) após admitir que apresenta sintomas da COVID-19 (foto: Reprodução/TV Brasil)

 

O Twitter está em polvorosa na noite desta segunda-feira (6) depois das notícias de que o presidente Jair Bolsonaro está com COVID-19. Enquanto oficialmente o mandatário assumiu, em entrevista à CNN, que apresentou sintomas da doença, o site da TV Bandeirantes já crava o diagnóstico. A informação é do jornalista Claudio Humberto ao programa Repórter Bandeirantes.

 

Diante da situação, usuários do Twitter se inspiraram no noticiário para ironizar e provocar o presidente, que tem sido criticado por sua gestão e declarações durante a pandemia. 

 

"Força Covid" é um dos assuntos mais comentados na rede social na noite desta segunda-feira (6). 

 

As aspas relacionadas à “gripezinha”, como o presidente chamou a COVID-19 em 24 de março, foram lembradas.

 

Usuários também lembraram de quando o presidente disse que tem “histórico de atleta” e que por isso tinha uma chance infinitamente menor de morrer pela COVID-19.

 

Piadas com o uso da hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia comprovada cientificamente contra a COVID-19, também apareceram.

 

Veja os memes abaixo:

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

Críticas

 

Como tudo que envolve o presidente da República, alguns usuários se manifestaram contra a campanha "Força Covid". Entre eles, está o escritor Paulo Coelho.

 

 

 

Ele comparou os usuários que ironizam a saúde do presidente ao ataque de uma mulher a um fiscal da vigilância sanitária no Rio de Janeiro no último sábado (4).

 

"Força Covid, desejando a morte de Jair Bolsonaro se compara em baixeza à imbecil do 'Cidadão não, engenheiro civil formado. Muito melhor que você', ou a barbaridade dita por Bia Doria sobre desabrigados. Não percam a dignidade. Não façam isso", escreveu o escritor.

 

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade