Publicidade

Estado de Minas CRÍTICA

Luciano Huck: 'Estamos errando no combate ao vírus desde o começo'

Apresentador usou os números do Fórum Brasileiro de Segurança Pública para comparar mortos por homicídio com os mortos por COVID-19 e questionar a posição do governo Bolsonaro


postado em 29/06/2020 15:10 / atualizado em 29/06/2020 15:25

Luciano Huck está entre os nomes cotados para a disputa presidencial de 2022(foto: Marcelo Chello/CB/D.A Press)
Luciano Huck está entre os nomes cotados para a disputa presidencial de 2022 (foto: Marcelo Chello/CB/D.A Press)
Luciano Huck, cotado como candidato à Presidência nas eleições de 2022, usou o Twitter nesta segunda-feira (29) para criticar o governo Bolsonaro na luta contra o novo coronavírus.“Estamos errando no combate ao vírus desde o começo”, afirmou o apresentador. 

Huck usou os números do Fórum Brasileiro de Segurança Pública para comparar mortos por homicídio com os mortos por COVID-19. A quantidade de mortos pela contaminação do vírus é maior do que os homicídios em 2018.

“Quantas vezes nos chocamos com os números da violência no Brasil? Muitas vezes superiores a zonas de guerra. Em 2018, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública registrou 57.341 homicídios. A COVID-19 em poucos meses já matou 57.658 brasileiros. Estamos errando no combate ao vírus desde o começo”, disse o apresentador Luciano Huck.
 
 

Vale relembrar que Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou diversas vezes que a reação à doença era exagerada. O presidente chegou a chamar aCOVID-19 de “gripezinha”. 
 
Essa não é a primeira vez que Huck usa as redes para fazer críticas ao governo. Durante a pandêmia, ele já afirmou que o governo bolsonarista "sonega informações aos cidadãos e comete crime"

Luciano Huck está entre os nomes cotados para a disputa de 2022. O apresentador acumula 13 milhões de seguidores no Twitter. 
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa
.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade