Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Governo de Minas faz pagamento de servidores da saúde e segurança nesta quinta

Funcionários receberão valor integral; estado não divulgou escala de pagamento dos demais servidores


postado em 06/04/2020 17:15 / atualizado em 06/04/2020 17:25

Governador Zema ainda negocia reajuste dos servidores da segurança pública(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Governador Zema ainda negocia reajuste dos servidores da segurança pública (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Em meio à expansão do coronavírus, o Governo de Minas informou que pagará os salários integrais das áreas da saúde e da segurança pública nesta quinta-feira, antes do feriado da sexta-feira da paixão. Sem paralisar suas atividades no período de pandemia, todos os profissionais nos 853 municípios do estado serão contemplados.
 
Em fevereiro, o governo de Minas anunciou que a 1ª parcela dos salários seria paga no dia 11, com depósito de até R$ 3 mil para os servidores da Saúde e até R$ 2.000 para os demais servidores. A 2ª parcela, com os valores restantes, seria quitada até dia 20 de março. Os servidores da Segurança Pública receberam valor integral no dia 11. Romeu Zema ainda vai negociar o reajuste dos profissionais de segurança pública. Segundo ele, o aumento será possível à medida que a pandemia do coronavírus for devidamente controlada no estado. 

O estado ainda não divulgou a escala de pagamento dos demais funcionários. Antes da expansão do COVID-19, o governo já estimava um déficit de R$ 13,3 bilhões na Lei Orçamentária Anual, aprovada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Com isso, o déficit para este ano pode ultrapassar os R$ 20 bilhões em 2020.

O governo criou um plano de redução de gastos para atenuar os impactos financeiros e direcionar recursos ao combate da doença. A ideia é que o Executivo deixe de gastar R$ 4,3 bilhões até dezembro. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade