Publicidade

Estado de Minas

Estado prorroga pagamento do IPVA para servidores que ainda não receberam o 13º salário

Cerca de 15% dos funcionários públicos do governo estadual ainda estão sem o vencimento extra de 2019


postado em 26/03/2020 20:57 / atualizado em 26/03/2020 21:10

(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

 

Os servidores do estado de Minas Gerais que não receberem nenhuma parcela do 13º salário de 2019 até terça-feira (31) terão até 30 de junho para pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020.

 

 

 

 

A terceira e última parcela do IPVA deveria ser paga, a depender do final da placa do veículo, entre 13 e 19 de março. A prorrogação, regulamentada a partir de decreto do governador Romeu Zema (Novo), atinge cerca de 15% dos funcionários públicos vinculados ao estado. 

 

Em fevereiro, o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, garantiu que o funcionalismo público estadual, que ainda não havia recebido o 13º salário de 2019, o receberia em março deste ano.

 

O governo aposta as fichas na concretização da operação de venda dos créditos do nióbio para normalizar os vencimentos dos servidores, pelo menos de forma temporária. O metal é de direito da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

 

Segundo Otto Levy, essa venda aconteceria em março deste ano. Contudo, no último dia 19, Zema admitiu que a operação terá um valor menor do que o esperado, em razão da crise mundial provocada pelo novo coronavírus

 

O governador, porém, espera que a estratégia seja suficiente, ao menos, para pagar o 13º dos funcionários públicos.  

 

Com informações de Humberto Martins e Matheus Muratori 

 


Publicidade