Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Coronavírus: Mandetta diz que vacina da gripe pode ser diferencial

Ministro da saúde disse que campanha contra a influenza está indo bem


postado em 23/03/2020 18:39 / atualizado em 23/03/2020 19:41

Ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta(foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, considera que a campanha de vacinação contra a gripe, iniciada nesta sexta-feira, "pode ser um grande diferencial" no Brasil para o combate à Covid-19. "Vamos conseguir reduzir casos de internação por H1N1. Informação é de que (a campanha) está muito boa, estamos conseguindo vacinar com ordem", declarou o ministro nesta sexta, após o anúncio do novo pacote de R$85 bilhões do governo contra o coronavírus.


Depois uma série de críticas e de protestos da população contra a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diante da pandemia de Covid-19 e de um recuo sobre a Medida Provisória 297/2020, editada pelo governo federal, Mandetta defendeu que "o clima organizacional é bom". "Estamos indo bem", insistiu.

 

Alvo de reclamações no Palácio do Planalto pelo protagonismo que adquiriu durante a crise, Mandetta voltou a destacar que Bolsonaro "lidera a condução desse processo" de planejamento das medidas de combate ao novo coronavírus. "Temos um olhar não só de saúde, mas um caleidoscópio de olhares porque todos precisamos estar envolvidos", declarou o ministro.




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade