Publicidade

Estado de Minas

Governo suspende edital anunciado por Alvim

Com investimento de mais de R$ 20 milhões, Prêmio Nacional das Artes será reavaliado pelo próximo secretário da Cultura


postado em 22/01/2020 12:45

(foto: Planalto/Divulgação)
(foto: Planalto/Divulgação)
O governo Bolsonaro suspendeu o edital do Prêmio Nacional da Cultura anunciado por Roberto Alvim em vídeo no qual ele faz discurso parecido ao do ministro da Propaganda na Alemanha Nazista, Joseph Goebbles.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria Especial da Cultura informou que o certame "não chegou a ser publicado" e que "caberá ao novo secretário reavaliar a continuidade" da iniciativa.
Nesta quarta-feira, a atriz Regina Duarte virá a Brasília para conhecer o funcionamento da Secretaria Especial da Cultura. Os detalhes da agenda ainda não foram divulgados. A atriz foi convidada para substituir Alvim, exonerado do cargo na sexta-feira, após a repercussão do vídeo. 

Com investimento de mais de R$ 20 milhões, o Prêmio Nacional das Artes vai apoiar projetos de sete categorias em todas as regiões do Brasil.


Publicidade