Publicidade

Estado de Minas

'Crime organizado vende estupro de bebês no Brasil', diz ministra Damares Alves

A ministra postou vídeo nas redes sociais para fazer a denúncia. Segundo ela, fotos de menores também são vendidas, com preços variando entre R$ 2 mil e R$ 50 mil


postado em 04/06/2019 11:10 / atualizado em 04/06/2019 12:48


A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, usou sua conta no Twitter, na manhã desta terça-feira, para  afirmar que a pedofilia no Brasil já atingiu a seara do 'crime organizado'.

De acordo com a ministra,  além de colocarem preço em fotos de crianças, variando entre R$ 2 mil e R$ 50 mil,  os criminosos vendem também estupro de bebês.

Medo


"O crime organizado não me quer no poder. Olha a minha cara de medo. Tenho medo, não", destaca a ministra.

Ela termina o vídeo com uma advertência: "É bom entender que os corruptos não querem essa ministra, por que ela vai abrir a caixinha e contar o que está no segredo''.

Estuprada aos 6 anos


Damares aproveitou o vídeo para contar, de novo, que ela própria foi vítima de estupro quando tinha seis anos. "Foi um horror. Aquilo mudou toda uma vida", disse ela.

Ministra Damares Alves(foto: Reprodução/Twitter)
Ministra Damares Alves (foto: Reprodução/Twitter)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade