Publicidade

Estado de Minas

Damares diz que princesa Elsa do filme Frozen é lésbica

Em vídeo, a ministra aparece cantando a música tema 'Livre Estou' e dispara: "Sabe por que ela termina sozinha em um castelo de gelo? Porque é lésbica! O cão é muito bem articulado e nós estamos alienados"


postado em 13/05/2019 17:25 / atualizado em 13/05/2019 17:34

"Isso aqui é muito grave. Eu fui menina e sonhei em ser princesa. Sonhei com meu príncipe encantado. A gente tá abrindo uma brecha na cabeça da menina de três anos sonhar com princesa. Isso daqui é indução", disse a ministra Damares (foto: Sérgio Lima/AFP e Walt Disney/Divulgação)
Após a polêmica do ‘meninos vestem azul e meninas vestem rosa’, a ministra Damares Alves, da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos voltou a causar. Dessa vez, ela apareceu nos assuntos mais comentados do Twitter em um vídeo onde afirma que a princesa Elsa, do filme infantil Frozen, termina sozinha em um castelo de gelo “Porque ela é lésbica”.

A ministra aparece cantando a música tema do filme ‘Livre Estou’ e dispara: “Sabe por que ela termina sozinha em um castelo de gelo? Porque é lésbica! O cão é muito bem articulado e nós estamos alienados". No fim, ela afirma que Elsa 'vai acordar a Bela Adormecida com um beijo gay'.

“Isso aqui é muito grave. Eu fui menina e sonhei em ser princesa. Sonhei com meu príncipe encantado. A gente tá abrindo uma brecha na cabeça da menina de três anos sonhar com princesa. Isso daqui é indução”, concluiu. O discurso do vídeo ocorreu em abril de 2018 em Divinópolis (MG), onde Damares foi uma das convidadas para a "Palestra em Defesa da Família", promovida pelo Centro de Formação Missão Maria de Nazaré.

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta foi o responsável por compartilhar o vídeo na tarde de ontem (11). "Eis o pensamento de uma ministra de estado dos Direitos Humanos. Disseminando ódio e preconceito contra um segmento social que já enfrenta todo tipo de estigma e preconceito", alfinetou. 

No Facebook, a ministra se pronunciou sobre o assunto. “Fui surpreendida com mais esta polêmica que tem como base, novamente, uma pequena parte recortada de um vídeo que foi gravado durante uma de minhas palestras na igreja. Minha crítica é conhecida de todos, eu critico é a tentativa de interferência dos ideólogos de gênero na identidade de nossas crianças. Vai um recado: Criança não namora! Criança brinca e estuda. Minha posição é contrária principalmente contra a erotização e adultizaçäo de crianças. Deixem nossas crianças serem crianças! Que estudem e brinquem sem que ninguém as incentivem a pular fases”, declarou.

Após a repercussão, a internet se dividiu entre críticos e defensores da ministra. Até mesmo a Xuxa resolveu falar sobre o caso em suas redes sociais. "Pensei, falo não falo, falo não falo (resolvi falar). Estamos vivendo um momento onde TODOS tem voz, todos... Vivemos um momento que falam muito sobre liberdade de expressão.... mas meu D E U S onde o mundo vai parar com tanta ignorância, falta de respeito com as escolhas ou condições das pessoas????... onde esta o RESPEITO pelo ser humano? Como permitem certas coisas? ( se me calasse estaria permitindo tb)já vi pessoas interpretarem , bíblia, poesias, quadros de diversas formas... mas desenho animado???", indagou a rainha dos baixinhos.

Em uma entrevista, a diretora do filme “Frozen”, Jennifer Lee, foi questionada sobre uma campanha online que existia para que a princesa Elsa ganhasse uma namorada. Lee se limitou a dizer que todos os envolvidos na criação e produção do longa já tinham conversado a respeito da possibilidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade