Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro prevê aprovação da reforma da Previdência no 1º semestre

Segundo Bolsonaro, ele mesmo tem feito os contatos com os parlamentares


postado em 13/03/2019 12:39

(foto: Alan Santos/PR)
(foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje pela manhã que espera a aprovação da reforma da Previdência ainda para o primeiro semestre deste ano. “É uma questão de convencimento, um trabalho com os parlamentares para mostrar a gravidade da situação”, disse ele durante café da manhã com jornalistas de 11 veículos de comunicação no Palácio do Planalto.

Segundo Bolsonaro, ele mesmo tem feito os contatos com os parlamentares. “Estamos no mesmo barco e temos um compromisso de tirar o Brasil da crise. Quanto mais o projeto for desidratado, mais teremos dificuldades”, disse Bolsonaro.

“Veja o caso da Argentina, que voltou a ter problemas com logo depois da aprovação da reforma. Caso nada for feito, em dois a três anos o Brasil pode se aproximar do que aconteceu na Grécia ou em Portugal.”

Caso Marielle


Durante a entrevista, Bolsonaro disse não se lembrar do policial Ronie Lessa, preso ontem sob a acusação de ter atirado e matado a vereadora Marielle Franco.

“Não lembro dessa cara. Meu condomínio tem 150 casas”, afirmou Bolsonaro. “No condomínio, por exemplo, há uma mulher presa por tráfico internacional de drogas, e outro investigado pela Lava-Jato.” Segundo o presidente, ele ligou para o filho, Jair Renan, para saber se o caçula havia namorado com a filha de Ronnie.

“Meu filho disse, naquele linguajar deles: “Papai, namorei todo mundo no condomínio, não lembro dessa menina.” Durante coletiva, logo depois da prisão do policial, um dos investigadores do caso disse que Jair Renan teria namorado a jovem, mas negou qualquer relação com o caso Marielle.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade