Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Indicado para Relações Exteriores é jovem e pode sair nesta quarta, diz Bolsonaro

Bolsonaro disse que conversou duas vezes com o pretendente para ocupar o cargo


postado em 14/11/2018 10:05 / atualizado em 14/11/2018 10:42

(foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)
(foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

O anúncio do futuro ministro das Relações Exteriores pode sair ainda nesta quarta-feira, 14, e será um nome "jovem", afirmou o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista à TV Record pela manhã, Bolsonaro disse que a questão está bastante avançada. "Talvez tenhamos aí um jovem ministro" para a pasta, disse o presidente eleito, informando que conversou duas vezes com o pretendente.

Questionado sobre a reunião dos governadores de Estado, que acontece na tarde desta quarta-feira em Brasília, Bolsonaro disse que ficou sabendo do encontro apenas "depois que a reunião já tinha sido marcada", mas que irá participar do encontro. "Sei que eles têm suas demandas, vamos passar elas para a nossa equipe econômica. O que eles querem nós queremos", disse o militar da reserva.

Moro

O presidente eleito disse na entrevista que vai pedir ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) que faça um esforço para aprovar a medida provisória (MP) que prevê a destinação de recursos de loterias federais para a segurança pública. Bolsonaro e Maia se encontraram na manhã desta quarta, depois da entrevista à Record.

Segundo Bolsonaro, a aprovação da MP é um pedido do juiz Sergio Moro, que vai assumir o futuro Ministério da Justiça e Segurança Pública. "Se não aprovar, Moro começa sem recursos para fazer o que quer, que é o combate a corrupção e ao crime organizado", disse o presidente eleito, que está em Brasília.

Além de novos recursos para a segurança pública, o encontro também deve tratar sobre a aprovação de novos gastos para o governo futuro, a exemplo do que aconteceu com o aumento para o Judiciário, aprovado na semana passada. "Temos que entender que estamos no mesmo barco", disse Bolsonaro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade