Publicidade

Estado de Minas

Fábio Cherem é o candidato ao Senado por coligação de Adalclever Lopes

Escolha do deputado estadual do PDT foi unânime, de acordo com o candidato do MDB ao governo, que o apontou como uma escolha municipalista


postado em 30/08/2018 12:44 / atualizado em 30/08/2018 21:44

(foto: Estevão Galvão/Divulgação)
(foto: Estevão Galvão/Divulgação)
O deputado estadual Fábio Cherem (PDT) é o candidato ao Senado da coligação que lançou Adalclever Lopes (MDB) ao governo de Minas. Composta por MDB, PV, PDT, Pros, PRB e Podemos, a chapa “Minas Tem Jeito” anunciou na manhã desta quinta-feira (30) a candidatura dele. 

“Foi uma escolha unânime e muito bem resolvida entre os partidos que compõem nossa aliança”, afirmou Adalclever, em entrevista coletiva. De acordo com o candidato ao governo, Fábio Cherem representa uma “cara nova” e uma lógica “jovem e municipalista” para o senado.

Questionado sobre o resultado da última pesquisa eleitoral divulgada pelo Ibope, em que seu nome aparece com 1% das intenções de voto, o candidato rebateu afirmando que “achou ótimo” para quem “lançou a candidatura ontem”. “Se ganharmos 1% por dia, estaremos no segundo turno”, disse. 

“Nosso grupo representa a opção que o eleitor precisava para sair da polarização em Minas”, declarou Fábio Cherem. Para ele, existem ideias políticas boas “tanto na direita quanto na esquerda” e que a chapa que representa é conciliadora. 

“Nossa candidatura ao Senado passa pelo mesmo princípio. Acreditamos que Minas precisa de um senador que não seja vinculado a uma ideia política fixa”, afirma. 

Cherem promete, ainda, trabalhar com “qualquer governador” eleito e que política “não se trata de botar defeito em um projeto por ele ser de ‘a’ ou de ‘b’”. 
 
*Estagiário sob supervisão do editor Benny Cohen 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade