Publicidade

Estado de Minas

Renan diz que candidatura de Meirelles 'atrai rejeição de Temer'


postado em 02/08/2018 10:36 / atualizado em 02/08/2018 10:56

Brasília - Uma das principais vozes dissonantes dentro do MDB, o senador Renan Calheiros (AL) voltou a atacar a candidatura do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles à Presidência da República.

Com menos de 1% das intenções de voto para Meirelles nas pesquisas eleitorais, Renan considera que a oficialização do economista irá prejudicar os palanques estaduais, já que os candidatos aos governos locais poderão não receber apoio de outros partidos com mais força na região.

"Estamos trabalhando para que o MDB possa fazer as coligações que quiser em cada Estado. É um mico apoiar o Meirelles", disse Renan ao chegar para a convenção nacional do MDB nesta quinta-feira, 2, em Brasília.

O senador afirmou ainda que a candidatura de Meirelles só "servirá para atrair a rejeição universal" do presidente Michel Temer para os candidatos do partido. Temer tem cerca de 82% de desaprovação dos brasileiros. Ao longo da manhã, os delegados da sigla votam para oficializar Meirelles como o nome do partido para disputar o Palácio do Planalto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade