Publicidade

Estado de Minas

Manifestantes pró-Lula entram em confronto com seguranças do STF

Grupo foi até o tribunal protestar contra a prisão do ex-presidente Lula e anunciar o início de uma greve de fome


postado em 31/07/2018 17:37


Um grupo de manifestantes entrou em confronto com seguranças do Supremo Tribunal Federal (STF), na Esplanada dos Ministérios, na tarde desta terça-feira (31/7). Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) foram até o Tribunal para protocolar um aviso de greve de fome.

Eles pedem que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, seja libertado. Cerca de 30 manifestantes foram barrados alguns metros antes da entrada do prédio principal do STF. Mas um grupo menor, com 11 pessoas, conseguiu chegar até a entrada do edifício.

Na tentativa de retirá-los, os seguranças do Supremo fizeram um cordão de isolamento e empurraram os manifestantes. Algumas pessoas caíram na escadaria do STF no momento da confusão. Ninguém ficou ferido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade