Publicidade

Estado de Minas

Governo de MG diz que 3ª parcela do salário será paga a 100% dos servidores nesta terça-feira

Valor deveria ter sido pago a 8% do funcionalismo na última sexta-feira, de acordo com a escala divulgada no início de junho


postado em 03/07/2018 16:20 / atualizado em 03/07/2018 21:03

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

O governo de Minas informou na tarde desta terça-feira que todos os servidores que aguardam o pagamento da terceira parcela do salário terão o valor depositado ainda hoje.

O último depósito referente ao parcelamento estava programado para sexta-feira passada (29/06), mas não ocorreu. De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda, 8% do funcionalismo, que recebe acima de R$ 6 mil, se enquadram da situação.

“A Secretaria de Estado de Fazenda informa que os depósitos referentes à terceira parcela, destinada aos servidores que recebem acima de R$ 6 mil, começaram a ser efetuados às 14h30 desta terça-feira (03/07). Portanto, até o final desta tarde, os valores estarão nas contas de 100% dos servidores ativos”, informou a pasta por nota.

Já em relação aos inativos, a Fazenda não estipulou data para o pagamento. “Os depósitos dos servidores inativos serão feitos na sequência.” 

Na manhã desta terça-feira, a pasta havia informado que ainda não sabia quando seria paga a terceira parcela aos servidores. Mas, por volta das 14h30, os valores começaram a cair nas contas.

Desde o início do mês passado, a escala de pagamento informada pelo governo do estado vem sofrendo atrasos. Todas as três parcelas não foram depositadas nos dias estabelecidos. Logo no atraso da primeira parcela, a Secretaria da Fazenda informou que a greve dos caminhoneiros havia sido a desencadeadora da dificuldade de caixa.

De acordo com estimativa feita pela administração estadual, nos 11 primeiros dias de junho deixaram de ser arrecadados R$ 340 milhões.

A tabela de pagamento para o próximo mês ainda não foi divulgada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade