Publicidade

Estado de Minas

Em encontro do PT, Dilma se lança pré-candidata ao Senado

Ex-presidente se reuniu com correligionários na noite desta quinta-feira, em BH, para tratar da campanha


postado em 28/06/2018 19:43 / atualizado em 29/06/2018 08:32

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

A ex-presidente Dilma Rousseff se lançou oficialmente e pela primeira vez como pré-candidata do PT ao Senado. Apesar evitar falar sobre a candidatura, Dilma já discute com os correligionários ações de campanha pelo interior.

Em encontro com deputados e com o diretório estadual da legenda na noite desta quinta-feira (28), em hotel da Região Centro-Sul da capital mineira, a petista discutiu propostas e ações para sua campanha.

A confirmação de Dilma candidata, segundo Durval, vai trazer questões nacionais para a disputa estadual. "Dilma vai enfrentar na campanha os responsáveis pelo impeachment e aliados de Temer, os senadores Aécio Neves e Antônio Augusto Anastasia", disse o petista.

O governador Fernando Pimentel participou do encontro, mas não falou com a imprensa.

Durante o encontro, os petistas rebateram críticas do ex-presidente da Assembleia e pré-candidato ao Senado Dinis Pinheiro (Solidariedade) sobre Dilma não ter história em Minas. "É curioso um grupo que tem um senador de Minas que mora no Rio de Janeiro criticar a Dilma", disse deputado Durval Ângelo.

Segundo o petista, na reunião desta quinta-feira serão "acertadas ações de Dilma pelo interior do estado em busca de mais votos".

O deputado Patrus Ananias avaliou que Dilma é um nome forte no estado e que a maioria da população considera que ela foi retirada do governo injustamente por interesses políticos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade