Publicidade

Estado de Minas

Mais dois secretários de Fernando Pimentel deixam cargos por causa das eleições

Governador já havia pedido a outros secretários que fossem disputar o pleito que deixassem as pastas em janeiro


postado em 31/03/2018 06:00 / atualizado em 31/03/2018 10:48

(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)

Os dois últimos secretários políticos do governo Fernando Pimentel (PT) que sobraram nas pastas, após a antecipação da saída do secretariado para disputar as eleições, vão ser exonerados até 7 de abril.

Os secretários de Governo, Odair Cunha, e de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa, ambos do PT, foram os únicos que ganharam um tempo a mais nos cargos.

Os dois ainda não bateram o martelo, mas Miguel Corrêa deve concorrer ao cargo de deputado estadual e Odair Cunha tende a atuar como coordenador de campanha do governador Fernando Pimentel (PT).

Em janeiro, Pimentel disse querer dedicação integral ao estado e pediu a todos os secretários que fossem candidatos para deixar os cargos até o fim do mês.

Assim foi feito: sete titulares das pastas tiveram as exonerações publicadas no Minas Gerais do dia 1º de fevereiro. Macaé Evaristo deixou a Secretaria de Educação para disputar o cargo de deputada estadual. Da Saúde, o deputado estadual Sávio Souza Cruz (MDB) retornou à Assembleia para tentar a reeleição.

Também saíram para concorrer a vagas na Câmara dos Deputados os então secretários Nilmário Miranda (PT), da Secretaria de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, e Wadson Ribeiro (PCdoB), exonerado dos cargos de ouvidor-geral e secretário da Secretaria de Desenvolvimento Integrado e dos Fóruns Regionais.

Professor Neivaldo (PT) deixou a Secretaria de Desenvolvimento Agrário para tentar se reeleger na Assembleia.

Ricardo Faria saiu do Turismo para tentar mais um mandato de deputado estadual e Arnaldo Gontijo do Esporte para concorrer como deputado federal. (JC)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade