Publicidade

Estado de Minas

Servidores do Judiciário e MP de Minas terão reajuste retroativo

Os reajustes de 3,2% para os funcionários do TJ e 4,08% para os do MP dependem de votação pela Assembleia Legislativa


postado em 08/02/2018 11:48 / atualizado em 08/02/2018 11:56

O reajuste retroativo segue a data-base das categorias(foto: Luiz Santana )
O reajuste retroativo segue a data-base das categorias (foto: Luiz Santana )

Enquanto os servidores do Executivo seguem sem reajuste, os do Tribunal de Justiça e do Ministério Público de Minas Gerais terão os contracheques aumentados respectivamente em 3,2% e 4,08%. Os projetos de lei trazendo os percentuais foram aprovados pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia na quarta-feira (7) e ainda passarão por duas comissões antes de chegar ao plenário.

Somente para o reajuste do MP, o impacto orçamentário será de R$ 20.944.000. O TJMG ainda não informou os gastos adicionais.

O projeto do MP concede reajuste retroativo a maio de 2017.

Para o TJMG, o aumento também vale a partir de maio de 2017. O aumento, segundo a mensagem, só foi possível porque o governo de MInas abriu crédito adicional ao TJMG de R$ 31.700.00,00.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade