UAI
Publicidade

Estado de Minas LUTO

Homem morre afogado disputando campeonato de canoagem

Identificado como Gilmar Dietrich, 66 anos, ele estava em uma competição de canoagem quando o caiaque virou e ele foi para o fundo do Lago Paranoá


24/10/2021 15:33

Gilmar Dietrich, 66 anos, representava Curitiba no torneio e morreu afogado
Gilmar Dietrich, 66 anos, representava Curitiba no torneio e morreu afogado (foto: Reprodução/Redes sociais)
O homem que morreu afogado no Lago Paranoá, na manhã deste domingo (24/10), identificado como Gilmar Dietrich, 66 anos, estava em uma competição de canoagem quando o caiaque virou e ele foi para o fundo da água. A vítima representava Curitiba (PR) durante o torneio.

A Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), que autorizou o evento, deve emitir um comunicado sobre o assunto, mas confirmou que a vítima competia por Curitiba (PR). A assessoria de imprensa não vai dar mais detalhes sobre o competidor. A família de Gilmar foi informada da morte dele. 

A Federação Brasiliense de Canoagem (Febracan) publicou uma nota lamentando a morte de Gilmar, que disputava a prova do caiaque no XXIX Campeonato Brasileiro de maratona. 

"Gilmar, atleta experiente do Curitiba Regatas Curitiba, veio a falecer a cerca de 50 metros do píer do Clube Cota Mil. Ele recebeu todo o atendimento médico e de resgate disponível no evento. A família está recebendo todo o apoio necessário e ajuda para os trâmites legais. Em virtude do ocorrido as provas previstas para este domingo foram canceladas", informou o comunicado.

O caso


Um homem que remava no Lago Paranoá morreu afogado, na manhã deste domingo (24/10), perto do Cota Mil Iate Clube, no Setor de Clubes Esportivos Sul (SCES). Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), populares afirmaram que a vítima estava perto do cais quando virou o pequeno barco ao contrário.

Após 40 minutos de esforços das equipes, o médico do resgate aéreo decretou a morte no local. Em um primeiro momento, as pessoas não viram o homem voltar para a superfície da água. Em seguida, os mergulhadores do CBMDF utilizaram a técnica de arrastro, com uso de corda, para fazer varredura no fundo do lago.

De acordo com o tenente Renato Augusto, oficial de informação pública da corporação, cerca de 10 minutos após a chegada do Corpo de Bombeiros, uma dupla (de populares) localizou um senhor de mais ou menos 50 anos. "Imediatamente, (a vítima) foi transportada para o cais do Cota Mil, e iniciaram o protocolo de ressuscitação cardiopulmonar. Ele foi localizado a uma profundidade de 14 metros", esclarece.

Com informações do Corpo de Bombeiros do DF


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade