Publicidade

Estado de Minas CONTAGEM APROXIMADA

Lázaro foi morto com 38 tiros após 'descarregar pistola' em policiais

Rui Borges, secretário de Saúde de Águas Lindas de Goiás, afirmou que o corpo de Lázaro chegou ao hospital com quase 40 perfurações


28/06/2021 15:29 - atualizado 28/06/2021 17:31

Buscas duraram 20 dias e terminaram nesta segunda-feira (28/6), com a morte do fugitivo(foto: Sergio Lima/AFP)
Buscas duraram 20 dias e terminaram nesta segunda-feira (28/6), com a morte do fugitivo (foto: Sergio Lima/AFP)
Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi morto na manhã desta segunda-feira (28/6) com, pelo menos, 38 tiros. A informação foi passada pelo Secretário de Saúde de Águas Lindas de Goiás, Rui Borges. 
 
“Quando ele chegou (ao hospital), já estava sem vida. Nós contamos 38 marcas de tiro. É um cálculo aproximado ainda”, disse o secretário para o portal Metrópoles. 
 
Condenado por assassinatos e estupros, Lázaro foi morto em uma troca de tiros com a polícia na manhã desta segunda. 
 

 
As buscas pelo criminoso tiveram início em 9 de junho, quando a polícia começou a investigar um triplo homicídio na região conhecida como Incra 9, em Ceilândia, cidade satélite de Brasília.
 

Outros envolvidos 

 
Segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, apesar da morte do criminoso ainda há pessoas a serem presas. A suspeita é de que uma organização criminosa esteja por trás da fuga de Lázaro, que durou 20 dias.
 
“Ainda temos algumas pessoas para investigar e prender. Agora, sai a força intensiva e fica o trabalho investigativo até a gente ir até o último envolvido”, afirmou Rodney Miranda.
 
O corpo de Lázaro foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia. De acordo Rui Borges, geralmente as pessoas mortas no município são enviadas ao IML de Luziânia, em Goiás. Mas, devido à repercussão do caso, o corpo passará por necropsia no IML da capital do estado.
 

Última visita

 
Uma visita feita à residência da ex-companheira e da ex-sogra, no município de Águas Lindas de Goiás, foi crucial para as autoridades encontrarem Lázaro Barbosa. O fugitivo foi flagrado nas cercanias do imóvel por vizinhos e câmeras de segurança. Veja:
 
"A câmera de segurança mostrou para onde ele estava e para onde ele foi. Ele foi preso a cerca de 5 km da casa da sogra, local onde foi filmado", explicou o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda.
 
Entrevistada pelo Correio Braziliense, a ex-mulher de Lázaro revelou que o criminoso a visitou para levar R$ 300 ao filho de ambos, de 3 anos e 9 meses. Lázaro não chegou a entrar dentro da casa para ver o filho. No local, a ex-sogra do foragido colocava o menino para dormir.
 
De acordo com Luana, pelo comportamento de Lázaro ele não iria se entregar para a polícia. "Ele nunca se entregaria. Poderia ter evitado isso tudo, mas não quis. O que eu posso fazer?", narra Luana.
 
Rodney Miranda disse que o fugitivo "descarregou uma pistola contra os policiais" antes de ser morto.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Thiago Ricci


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade