Publicidade

Estado de Minas TORCIDA SOLIDÁRIA

Cufa fecha parceria com 200 times de futebol para arrecadar alimentos

Além disso, o projeto conta com ajuda de doações de grandes empresas e de torcidas organizadas dos clubes participantes


21/06/2021 13:06 - atualizado 22/06/2021 08:00

Campanha de arrecadação de alimentos da Cufa em Minas, no Dia das Mães, no estádio do Mineirão, em BH(foto: Gordo Filmes/Divulgação)
Campanha de arrecadação de alimentos da Cufa em Minas, no Dia das Mães, no estádio do Mineirão, em BH (foto: Gordo Filmes/Divulgação)
A Central Única das Favelas (Cufa), por meio da campanha “Mães da Favela Futebol Clube”, arrecada alimentos para doarfamílias em situação de vulnerabilidade, em todo o Brasil. A ação, que teve início nesta segunda-feira (21/6), pretende arrecadar 350 toneladas de alimentos. O projeto fechou parceria com grandes empresas como Carrefour, Gol Linhas Aéreas, Ministério Público Estadual e do Trabalho de Minas Gerais. Além disso,  a campanha conta com a parceria de 200 clubes de futebol que farão doações, entre os quais Cruzeiro, São Paulo e Corinthians.
 
Segundo o presidente da Cufa em Minas, Francis Santos, este projeto foi criado com a pandemia, e, em maio deste ano, a campanha de arrecadação para o Dia das Mães conseguiu ajudar 40 mil pessoas em situação de vulnerabilidade. “Agora, a expectativa para a ação deste mês é que sejam arrecadadas 350 toneladas de alimentos, para conseguir ajudar mais famílias de comunidades, vilas e ocupações”, diz.
 
Cesta básica no estádio do Mineirão em BH, para ser entregue a comunidades de Minas Gerais. (foto: Gordo Filmes/Divulgação)
Cesta básica no estádio do Mineirão em BH, para ser entregue a comunidades de Minas Gerais. (foto: Gordo Filmes/Divulgação)
As doações estão sendo recebidas nos estacionamentos dos clubes participantes e em Minas os alimentos deverão ser entregues no Estádio Independência, em Belo Horizonte, das 9h às 16h. “Até a sexta (25/6), estaremos recebendo doações, com exceção do dia (24/6), pois haverá jogos no Independência”, explica Francis Santos. 
 
Os alimentos arrecadados serão entregues aos líderes das comunidades cadastradas no projeto nos dias 26 e 27. Ao todo, são 750 em Minas Gerais.
 
Além dos 200 times de futebol espalhados pelo Brasil, Francis Santos, informou que a principal torcida organizada do América está ajudando nas doações e que no momento tentam fechar parceria também com a Galoucura.  
 
“As pessoas sabem que estamos atravessando um momento difícil e têm se mostrado muito solidárias, mas também percebemos que essa percepção do povo aliada ao apoio dos representantes de uma paixão nacional, que é o futebol, engaja muita gente a doar. Dessa forma, esperamos conseguir apoiar ainda mais as Mães da Favela que precisam. É um momento de união, não existe rivalidade entre clubes”, afirma Celso Athayde, fundador da Cufa.
 
De acordo com a Cufa, a campanha conta também com doadores master, como as empresas nacionais, Assaí Atacadista, Volvo Car, Carrefour Brasil, VR Benefícios, Gol Linhas Aéreas e Cab Motores. Porém, empresas locais ajudam com doações dentro do próprio estado. Em Minas, os apoiadores são Supermercados BH, UniBH, Unilever, Sesc, Sicoob Credimonte, Indec e Ministério Público Estadual e do Trabalho. 
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade