Publicidade

Estado de Minas DOR REDOBRADA

Prefeito de Mongaguá (SP), faz apelo após perder pai e irmão; veja vídeo

Em apenas sete dias, Márcio Melo Gomes (Republicanos) teve que lidar com a perda de dois familiares para o coronavírus


31/03/2021 14:02 - atualizado 31/03/2021 15:03

Prefeito sofre críticas após adotar medidas mais duras de fechamento do comércio(foto: Reprodução)
Prefeito sofre críticas após adotar medidas mais duras de fechamento do comércio (foto: Reprodução)
Após perder o pai e o irmão para a COVID-19 em apenas uma semana, o prefeito de Mongaguá (SP), Márcio Melo Gomes (Republicanos), se emocionou durante uma live oficial da prefeitura, nesta terça-feira (30/3), pedindo para que a população do município paulista respeite as medidas restritivas para evitar que mais mortes aconteçam. 

O pai do prefeito, Givaldo Alves Gomes, de 64 anos, morreu no dia 22/3 após ficar com 80% dos pulmões comprometidos. Sete dias depois, o irmão dele, Givaldo Melo Gomes Júnior, também não resistiu ao agravamento da doença e morreu no domingo (28/3), aos 33 anos.



"Infelizmente, por essa doença, eles perderam a vida. Não existe nada mais precioso do que a vida de cada um de vocês, mas principalmente da vida de quem vocês amam", disse o prefeito.

Muito emocionado durante toda a transmissão, o governante comunicou medidas de enfrentamento da pandemia em Mongaguá, e ressaltou que todo o Brasil vive a pior crise sanitária da história. Segundo dados da prefeitura do município, nesta terça-feira (30/3), foram registrados mais de 3 mil casos suspeitos e 86 mortes. 

Sob pressão de alguns comerciantes da cidade para a reabertura dos estabelecimentos, Márcio Melo disse que já fez todo o possível para conciliar as necessidades dos negócios com ações para proteger os 56 mil moradores.

Em meio às lágrimas, ele rebateu as críticas pela decisão do fechamento do comércio, em vigor desde 23/3, dizendo que trocaria uma economia quebrada pela sobrevivência de mais vidas no município.

"Meu pai era comerciante, meu irmão era comerciante. Como eu queria hoje sair dessa live e poder ouvir do meu pai e irmão: 'eu quebrei, meu comércio quebrou. Sabe por que? Porque nós a quebramos, e, com a vida, conseguimos dar a volta por cima'."
 

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.


transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia
  • Em casos graves, as vítimas apresentam:
  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
  • Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus 

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.


Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade