UAI
Publicidade

Estado de Minas TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Homem que colocou fogo na mulher em Uberlândia é preso

Na delegacia, ele alegou que toma remédios controlados e que não se lembrava de nada


06/04/2022 18:14 - atualizado 06/04/2022 19:46

Cenas captadas pela Polícia Civil no local do crime em 10 de fevereiro
Cenas captadas pela Polícia Civil no local do crime em 10 de fevereiro (foto: PCMG)

Um homem de 42 anos foi preso pela Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (6/4), em Araguari, no Triângulo Mineiro, suspeito de ter tentado matar a companheira, de 56 anos, depois de atear fogo nela. O crime ocorreu em 10 de fevereiro último, em Uberlândia. A vítima foi hospitalizada, apresentando queimaduras graves.


A tentativa de feminicídio ocorreu no Bairro Santa Mônica. Depois da investigação, foi solicitada à Justiça a prisão preventiva do suspeito, já que foram levantadas diversas provas contra ele.


Desde o crime, o suspeito estava desaparecido. Ele foi localizado pelos policiais da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Uberlândia, escondido na casa de um parente, em Araguari.


Em depoimento na Delegacia de Uberlândia, o homem se fez de desmemoriado, alegando que não se lembrava da situação. O suspeito disse que faz uso de medicamento controlado e que já teria tido surtos. Na ocasião do incêndio, o suspeito sofreu ferimentos leves.


Nos primeiros levantamentos, a vítima informou aos policiais que foi surpreendida pelo companheiro no momento em que jogava álcool sobre ela, dizendo que eles morreriam juntos. A mulher, que ainda está hospitalizada, será ouvida nos próximos dias.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade