UAI
Publicidade

Estado de Minas CAMINHOS TORTOS

Chuva dá trégua, mas estragos seguem espalhados pelas rodovias de Minas

21 pontos de interdição total de estradas em Minas e quase 80 parciais dificultam viagens de férias. Dica é consultar mapas atualizados diariamente


18/01/2022 08:24 - atualizado 18/01/2022 11:22

BR-356 em Itabirito
Bloqueio na BR-356, próximo a Itabirito, na Grande BH (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
As chuvas que castigaram Minas Gerais na primeira quinzena deste mês provocaram estragos nas rodovias em todo o estado, provocando enormes transtornos para motoristas profissionais e demais viajantes. Árvores caídas, erosão em rodovias, deslizamento de encostas, cheias de rios e alagamentos por todo o território mineiro obrigam os condutores a buscar rotas alternativas ou desviar caminhos. Iniciada a segunda quinzena de janeiro, o momento é idas e vindas de famílias em férias. Diante disso, os bloqueios – parciais ou totais – em rodovias mineiras exigem ainda mais atenção dos viajantes.

Com este cenário, é preciso ter informações sobre desvios a fim de chegar a determinado destino. Nas rodovias de Minas Gerais, por exemplo, são 21 pontos de interdição total – entre rodovias federais e estaduais – e 78 totais, contando as interdições parciais e que deixam o trânsito mais lento.  O balanço foi atualizado às 6h desta terça-feira (18/1). Confira abaixo:



Ponto de risco muito comentado que está com interdição total é o afundamento de pista em Nova Era, na Região Central de Minas – altura do Km 321 da BR-381. A interdição se dá entre a LMG-790 e o início das obras de duplicação da rodovia federal. Ainda não há previsão de liberação, mas há desvios diversos nesse trecho. A recomendação é de que motoristas de veículos pesados passem por Realeza, já que os desvio estão sob risco de danos, como queda de pontes, em função do tráfego de caminhões. 
 
Nova e improvisada possibilidade diz respeito a uma pista alternativa feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) – as obras tiveram início no sábado. O empreendimento é visto como paliativo em meio ao impressionante estufamento da pista, que causou estragos na via por cerca de 100m e não deixou feridos.

BR-381 em Nova Era
As duas pistas afundaram no km 321 da BR-381, impedindo o trânsito totalmente na altura de Nova Era (foto: PRF/Reprodução)

 
Enquanto o “desvio oficial” não fica pronto, caso o motorista esteja partindo de Governador Valadares e região ele pode: seguir pela BR-116 até Caratinga, acessar a MG-329 e continuar até Rio Casca, onde pega a BR-262 até João Monlevade, na BR-381; ir para a MG-758 em Belo Oriente e seguir para Guanhães e Itabira para, depois, retornar à BR-381 em São Gonçalo; ou pegar a BR-458 e, posteriormente, a BR-116 até Caratinga, onde chega à MG-329 e segue até Rio Casca, onde acessa a BR-262 até João Monlevade, na BR-381.
 
Na BR-356, no Km 57, na cidade de Itabirito, a interdição total se dá por conta de uma queda de barreira, próximo à Lagoa das Codornas. Neste caso, o desvio acontece por dentro do município. Foi necessário, inclusive, transformar algumas vias em mão única para possibilitar a fluidez do trânsito.
Outra interdição total e que afeta o fluxo é no Km 562 da BR-262, em Córrego Danta, no Centro-Oeste de Minas – a interdição foi necessária devido a erosão na pista. O desvio, neste caso, acontece pela BR-354 e pela LMG-891.
 
Timóteo, relativamente próxima ao grande problema envolvendo Nova Era, proibiu desde ontem o trânsito de carretas em função de riscos estruturais na pista. A barreira para esses veículos se localiza em Cava Grande.

Pela internet


As autoridades observam de perto a situação e tentam orientar os motoristas para evitar maiores transtornos. Há, inclusive, um grupo colaborativo no aplicativo de navegação Waze. O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) de Minas Gerais, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), também organizou um mapa, por meio da plataforma Google Maps, com atualizações das interdições. O mapa tem atualizações diárias, isso porque algumas interdições podem ser resolvidas em curto espaço de tempo e outras não. É o caso da BR-381, em Nova Era, com interdição de três quilômetros. A pista ficou  destruída, com o deslocamento da massa de terra no sentido da via. 

Veja detalhes sobre a situação das rodovias interditadas até ontem (17/1)

Lista das interdições
(foto: Arte EM)


Conta de luz parcelada

Clientes atendidos em baixa tensão (até 220 volts), especialmente os que foram afetados pelas tempestades do início de ano em Minas Gerais, poderão parcelar conta de luz em atraso em até 12 vezes, sem juros. Para isso, basta acessar o canal de atendimento Cemig Atende Web ou WhatsApp (31-3506-1160). Nesse caso, o cliente não poderá, porém, ter parcelamentos vigentes. A campanha também vale para consumidores que não foram atingidos pelas chuvas. Outra opção de pagamento das contas em atraso em até 12 vezes sem juros é por meio do cartão de crédito, tanto no Cemig Atende Web quanto no WhatsApp (mande um "Oi" para 31-3506-1160, em seguida, digite "Pagamento" e siga as instruções). Nessa opção, os clientes podem apresentar parcelamento ativo com a companhia.

Trem volta a circular

Mesmo com restrições, o trem de passageiros entre Belo Horizonte e Vitória, no Espírito Santos, voltou a circular ontem. As viagens haviam sido totalmente interrompidas na semana passada devido aos impactos das chuvas em trechos da ferrovia. A retomada é  parcial. Há restrição nos dois sentidos no trecho entre as estações Dois Irmãos, em Barão de Cocais, cidade da Região Metropolitana de BH, e a Central, na capital. Com isso, a Estação Central continua sem receber passageiros, sendo Barão de Cocais o novo "início" ou "fim" da linha. A mineradora Vale, que administra a ferrovia, informa que a venda de passagens para esse trecho foi suspensa e que quem já tem tíquetes pode pedir reembolso ou remarcar sem custo adicional em até 30 dias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade