UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Seis casos da variante ômicron são confirmados em Nova Lima

Dos seis casos confirmados, quatro são em adultos e dois em crianças. Três pessoas responderam ao contato da Secretaria de Saúde e estão recuperadas


04/01/2022 18:50 - atualizado 04/01/2022 19:47

Fachada de hospital, com ambulâncias na porta
Outros seis pacientes estão com suspeita de contaminação pela variante (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
A cidade de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, confirmou seis casos de infecção da nova variante da COVID-19, a ômicron. Segundo a Prefeitura, são quatro adultos e duas crianças. A identificação foi certificada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta segunda-feira (3/1). 
 
Segundo a Prefeitura de Nova Lima, até esta terça-feira (4/1), seis pessoas foram confirmadas com a variante ômicron e outras seis estão com suspeita de contaminação. 
 
"Dos seis casos confirmados, são quatro adultos e duas crianças. Os adultos estão com a vacinação completa, com as duas doses do respectivo imunizante. Já as crianças, conforme o Plano Nacional de Imunização, ainda não apresentavam idade para vacinar", destaca a prefeitura, por meio de nota. 
 
As notificações dos casos chegaram por meio do Governo do Estado, já que os testes foram detectados por exames feitos em laboratórios particulares. Os positivos foram procurados pela administração municipal, entretanto, apenas três deles responderam e já estão recuperados. Não há informação das outras três pessoas.
 
A Secretaria de Saúde realizou o mapeamento de contato desses três pacientes. Entre os sintomas apresentados, uma pessoa teve dor abdominal, cefaléia, febre, diarréia, infecção na pele (impetigo bolhoso). O outro paciente relatou tosse, cefaléia e dor no corpo. O terceiro paciente se manteve assintomático.
 
A Prefeitura não especificou se as pessoas que responderam ao contato eram os pacientes adultos ou crianças, nem suas idades. 
 
Ontem, a SES-MG confirmou 138 casos da variante em Minas Gerais, registrados até sexta-feira (31/12). Belo Horizonte lidera a lista das cidades mineiras onde a variante chegou, com 76 pessoas infectadas. 
 
Em seguida aparecem as cidades de Extrema (19), Contagem (7), Nova Lima (6), Betim (4), Barbacena (3), Itaúna e Lavras (3 cada), Juiz de Fora, Lagoa Santa e Passa Quatro (2 cada), Maria da Fé, Passos, Pouso Alegre, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas, Três Pontas e Varginha (1 cada), e ainda casos de outros estados (4).
 

*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade