UAI
Publicidade

Estado de Minas ACIDENTE NO ANEL

Identificado e preso homem que atropelou e matou motorista de ônibus

Autor do crime foi identificado a partir da placa do Honda Civic que dirigia e que capotou após o atropelamento


01/01/2022 12:52 - atualizado 01/01/2022 13:15

Movimento de carros no Anel Rodoviário
Preso causou o acidente com morte no Anel Rodoviário, na altura do viaduto São Francisco (foto: Ramon Lisboa/EM/D. A Press)

Identificado e preso, em casa, o homem que atropelou e matou um motorista de ônibus de aplicativo, de 65 anos, no início da manhã deste sábado (1/1), no Anel Rodoviário, na altura do viaduto São Francisco. O homem, identificado pela polícia apenas como Marcelo, foi localizado a partir da placa do veículo, um Honda Civic, que capotou após o atropelamento e foi abandonado por ele no local.


Havia um alerta emitido pelas polícias Militar e Civil, que procuravam o motorista foragido. Depois de provocar o acidente e a morte do motorista de ônibus, da empresa Girotur, Marcelo fugiu para sua casa.


Segundo os policiais militares que fizeram a prisão, o homem se mostrava confuso e tinha os olhos muito vermelhos, consequência da ingestão de álcool durante toda a noite de sexta-feira e madrugada deste sábado.


Ao ser preso, Marcelo disse aos policiais que fugiu do local por ter ficado assustado ao ver o motorista do ônibus caído, ensanguentado.

 

Ele falou ainda aos policiais sobre o fato de ter bebido durante toda a noite e a madrugada, na casa de parentes. Fez uma espécie de via sacra, passando na casa de vários membros de sua família. Dentro do carro foi encontrada uma garrafa de uísque, ainda pela metade.


Sobre o acidente, Marcelo disse que estava na pista de rolamento principal e que perdeu o controle do veículo ao entrar na marginal. Disse que ao perceber que havia atropelado alguém, tratou de sair do veículo, capotado, e foi até o ônibus, mas se assustou ao ver o homem caído,  ensanguentado. Por isso, teria fugido.



O acidente

 

Segundo testemunhas, o ônibus, que seguia no sentido Vitória, parou no acostamento por causa de um defeito. O coletivo tinha saído de Brasília e estava indo a Vitória para apanhar passageiros. O motorista desceu para ver qual era o problema, quando surgiu o Honda Civic em alta velocidade e o atropelou.


Testemunhas contaram aos patrulheiros da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que, depois de capotar o veículo, o homem saiu do carro e foi até o local onde estava o motorista do ônibus, e, em seguida, fugiu correndo, sem prestar socorro.


O motorista do ônibus chegou a ser atendido com vida pelo Samu, mas morreu a caminho do hospital. Segundo Boletim de Ocorrências, ele era natural de Brasília.

 


 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade