UAI
Publicidade

Estado de Minas Cambuí e região

Defensoria Pública de MG amplia atendimento com sede própria em Cambuí

Com inauguração, intuito é oferecer acessibilidade e ultrapassar 3 mil atendimentos ao ano


02/12/2021 17:54 - atualizado 02/12/2021 18:18

Inauguração da Defensoria Pública de MG em Cambuí
Defensoria Pública de MG inaugura sede própria em Cambuí (foto: Marcelo Sant'Anna/DPMG)
 
A nova sede da Defensoria Pública de Minas Gerais é inaugurada em Cambuí e oferece acessibilidade. É a primeira sede própria nos mais de 15 anos de atuação na microrregião. A instituição atende toda a área da comarca, que engloba o município, além de Bom Repouso, Córrego do Bom Jesus e Senador Amaral. Objetivo é superar 3 mil atendimentos ao ano.

 
Para a inauguração, foram estabelecidas restrições de público presente. O defensor público-geral de Minas Gerais, Gério Patrocínio Soares, vai participar do evento e conferir de perto as instalações oferecidas à população.
 
Pessoas  em situação de vulnerabilidade física, social, econômica e familiar, mas precisam de um advogado e não podem pagar são foco do serviço da Defensoria Pública. O atendimento é gratuito e está presente em 110 das comarcas de Minas Gerais.
 
Coordenador da DPMG, Luciano Morgado
Coordenador da DPMG, Luciano Morgado, trabalha em nova sede (foto: Cristovam Silva / Uaivideo)
 
 
Luciano Morgado, defensor coordenador da sede, cita como exemplo desse público as pessoas vulneráveis devido à estrutura familiar como "mulheres vítimas de violência, além de idosos e crianças". Ele acrescenta que é preciso agendar atendimento, exceto para a área criminal.
 
A nova sede em Cambuí é localizada na Rua Ângelo Bernardo Faccio, 90, no Centro. A população pode fazer agendamento ou buscar informações pelo telefone (35) 3431-2039. Atendimentos são voltados para as áreas cível e criminal, com orientação até mesmo pelo telefone, destaca o coordenador. 
 

Mais atendimentos e serviços na Defensoria Estadual


Cambuí tem 25 atendimentos diários na Defensoria Pública de MG. O defensor explica que em 2020 foram "2,7 mil se não me engano, em ano de pandemia. Então a ideia é ampliar". O objetivo é ultrapassar 3 mil por ano. 
 
O serviço que estava apenas on-line e até por whatsapp durante as restrições, agora retornou ao formato presencial com medidas preventivas. Na instituição, é necessário manter distanciamento, uso de máscara e álcool em gel. O serviço é feito atualmente em formato híbrido. 
 
A melhoria da estrutura da Defensoria Pública Estadual em Cambuí pode ampliar os serviços ofertados gratuitamente à população, afirma o coordenador. "Para encampar outras áreas, como consumidor, mediação e conciliação, que obviamente passa a ser a nossa meta daqui para a frente."


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade