UAI
Publicidade

Estado de Minas 'PEDIMOS A COMPREENSÃO'

Mais cidades mineiras cancelam o carnaval de 2022

Três municípios do Sul de Minas anunciaram nesta segunda-feira (29/11) que está descartada a possibilidade de realizar o carnaval no próximo ano


29/11/2021 20:12 - atualizado 29/11/2021 20:26

Mulher caminha em Passa Quatro, cidade do Sul de Minas
Passa Quatro e outras duas cidades cancelam carnaval em conjunto (foto: Euler Junior/EM/D.A Press)
As prefeituras de Itamonte, Itanhandu e Passa Quatro, no Sul de Minas Gerais, informaram nesta segunda-feira (29/11) que o carnaval de 2022 está cancelado. O anúncio feito em conjunto pelas redes sociais considerou o cenário ainda incerto em relação à pandemia do novo coronavírus. Os municípios fazem parte da microrregião de São Lourenço, que ainda não decidiu sobre as festividades.
 
De acordo com as administrações municipais, além das incertezas relacionadas a COVID-19 e variantes, o temor de contaminação devido ao grande movimento de turistas na região foi fundamental para a decisão relacionado ao carnaval anunciada hoje.
 
“Considerando que o carnaval é um evento tradicional que, normalmente, atrai grande quantidade de turistas para nossos municípios e que, neste momento, não há como garantir a segurança sanitária para a realização de eventos desse porte”, afirma trecho do comunicado divulgado.
 
As prefeituras também levaram em consideração que muitos municípios do Sul de Minas e do Vale do Paraíba já comunicaram o cancelamento do evento. “O que poderia aumentar ainda mais o fluxo de turistas para nossa região. Pedimos a compreensão de todos diante desta medida, ainda necessária, para resguardar a saúde e a vida de nossos cidadãos, nosso bem maior”, ressalta.
 
Os municípios fazem parte da microrregião de São Lourenço, que ainda não decidiu sobre as festividades. Uma reunião deve acontecer nesta quarta-feira (1º/12). A cidade Pouso Alto, que também pertence à região, divulgou nota de cancelamento das festividades.
 
“Diante do cenário ainda incerto em relação ao desenvolvimento da pandemia do novo coronavírus e devido ao surgimento de uma nova cepa que pode ser resistente à vacina. Pedimos a compreensão de todos diante desta medida, ainda necessária, para resguardar a saúde e a vida de todos os nossos cidadãos”, afirmou o prefeito Vicente Wagner nas redes sociais.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade