UAI
Publicidade

Estado de Minas "QUANTO É O CAFÉ?"

Homem tenta subornar civis em exame de direção e é preso na Grande BH

Rapaz tentava tirar habilitação para conduzir motocicletas, mas acabou sendo reprovado no teste. Ele, então, perguntou aos policiais 'quanto era o café'


27/11/2021 09:43 - atualizado 27/11/2021 09:52

Imagem de circuito fechado para testes de motociclistas
Homem tentava tirar habilitação para conduzir motocicletas, mas acabou sendo reprovado no exame e, então, ofereceu suborno aos policiais (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Uma reprovação em um exame de direção em Ribeirão das Neves, na Grande BH, terminou em prisão para um homem de 23 anos nessa sexta-feira (26/11). O rapaz, após ter sido reprovado no teste para obter habilitação para conduzir motocicletas, tentou subornar investigadores da Polícia Civil, mas acabou sendo preso em flagrante.

Os policiais que acompanhavam o exame haviam reprovado o homem por ele ter cometido uma falta eliminatória. O rapaz, então, teria perguntado aos investigadores "quanto era o café". Como resposta, os civis disseram que não eram corruptos e que não aceitariam dinheiro para aprová-lo no teste.

Mesmo com a negativa, o homem seguiu tentando subornar os policiais: "Para. Eu conheço o sistema. Me fala quanto você quer". Foi então que o rapaz recebeu voz de prisão, sendo encaminhado em seguida para a Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.

Segundo a Polícia Civil, o homem foi autuado no Artigo 333 do Código Penal, em que consiste o oferecimento ou promessa de vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício. A pena, neste caso, pode variar entre 2 e 12 anos de reclusão, além de multa.

O homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde aguardará os desdobramentos da Justiça.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade