UAI
Publicidade

Estado de Minas Segurança e controle

Escolas municipais de Pedro Leopoldo terão identificador facial para alunos

Dispositivo de reconhecimento facial vai confirmar a presença dos aluno diretamente para um aplicativo; pais também terão informações sobre notas e comunicados


24/11/2021 14:10 - atualizado 24/11/2021 14:19

alunos de escola de Pedro Leopoldo marcam presença por sistema de reconhecimento facial
Ao todo foram instalados 44 dispositivos nas escolas de ensino fundamental, professores passarão por capacitação e a tecnologia começa a funcionar ainda em dezembro (foto: Divulgação/Prefeitura de Pedro Leopoldo)
Em fase de implantação, as 13 escolas municipais de Pedro Leopoldo começam o processo de instalação de um dispositivo de reconhecimento facial dos alunos que, por meio de um aplicativo, será a ponte para a comunicação entre pais e alunos, como frequência, acesso ao diário de classe e informativos sobre a agenda da escola. Pedro Leopoldo é a primeira cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte a ter essa tecnologia, que tem previsão de início do funcionamento já em dezembro.
 
De acordo com a Secretaria de Educação, a primeira etapa foi concluída com a instalação dos aparelhos de biometria facial; ao todo foram instalados 44 dispositivos nas escolas de ensino fundamental. A segunda etapa será o processo de capacitação dos professores que passarão por um treinamento que terá início na próxima semana. Após a conclusão, as escolas estarão aptas a atender aos 3.942 alunos matriculados.
 
Ainda segundo a Secretaria de Educação, o aplicativo ‘faceSchool’ pode ser baixado tanto pelo Google Play quanto na App Store. Caso o responsável pelo aluno não tenha o aplicativo baixado só não vai receber a notificação da presença nem os comunicados, mas a frequência será calculada por meio do reconhecimento facial.
 
Mãe de duas crianças matriculadas na rede municipal, a coordenadora escolar Liliane Vieira acredita que a integração do softer de frequência por reconhecimento facial ao Sistema de Gestão Escolar, que é o Sonner, vai facilitar todo o funcionamento da escola, ao mesmo tempo em que trará mais segurança aos pais.

“Tenho um filho de 11 anos que cursa o 5° ano do ensino fundamental e outro de 7 anos que está 1° ano do ensino fundamental e não é sempre que consigo acompanha-los até a escola, mesmo sendo uma mãe presente. Vejo um grande passo do município em prol da segurança dos pais das escolas, e principalmente das crianças e jovens”, destaca.

A prefeita de Pedro Leopoldo, Eloisa Helena, afirma que a princípio em todas as instituições de ensino fundamental o serviço será instalado e, "futuramente" deverá ser estendido também para a pré-escola.

A prefeita acredita que o aplicativo vai funcionar como uma importante ferramenta para os gestores da educação no controle de dados estatísticos em benefícios de programas do governo, manutenção de unidades, gestão da merenda e outros recursos públicos e requisição de verbas.

“Estamos sempre pensando em como melhorar os serviços de responsabilidade do município, sobretudo a educação, área de suma importância para um futuro melhor para todos”, afirmou a prefeita.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade