UAI
Publicidade

Estado de Minas FORAGIDO

Morador dos EUA é procurado suspeito de estuprar duas mulheres em Minas

As denunciantes possuem 17 e 18 anos e afirmam ter sido estupradas após o autor ter colocado uma droga na bebida delas; suspeito ainda não foi encontrado


23/11/2021 18:57 - atualizado 24/11/2021 17:14

Fachada da delegacia de Polícia Civil em Timóteo
Caso foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Timóteo (foto: Reprodução/Google Street View)
Um jovem de 18 anos, morador dos Estados Unidos, é procurado pelas autoridades mineiras após denúncia de estupro contra duas mulheres - uma adolescente de 17 anos e uma jovem de 18. A Polícia Militar foi acionada pela assistência social do hospital onde as duas foram atendidas, nessa segunda-feira (22/11), sendo que o crime teria ocorrido um dia antes, no domingo, em Timóteo, no Vale do Aço.
 
Conforme o relato das duas aos policiais, elas foram convidadas pelo rapaz para passear em um shopping na cidade vizinha de Ipatinga. Na sequência, os três foram à residência do jovem, em Timóteo. O rapaz, segundo a PM, mora nos EUA e está de passagem pelo Brasil.
 
As vítimas disseram então que, logo após tomar bebida alcoólica, passaram a não se lembrar de muitos detalhes - apenas flashes do homem "em cima" de uma e, em seguida, de outra. Elas alegam que não tiveram força para repelir o suspeito.
 
Na manhã seguinte, a adolescente notou um sangramento na parte íntima. A jovem, por sua vez, afirmou que mandou mensagens ao rapaz para perguntar o que ocorreu durante a noite, mas ele as ignorou.
  
No hospital, a equipe médica constatou fissuras na parte íntima da vítima adolescente.
 
A Polícia Militar realizou um rastreamento dos possíveis locais onde o acusado poderia ser encontrado, mas sem êxito. As vítimas também não conseguem identificar o local exato da residência. 
 
As autoridades afirmam que continuam as buscas já que, por o suspeito ser morador dos EUA, temem que ela possa sair do país a qualquer momento. Procurada, a Polícia Civil afirmou que "adotou todas as providências iniciais cabíveis para apurar a notícia do crime de estupro".
 
"Três pessoas já prestaram declarações, entre elas, as vítimas e o pai de uma delas. Após as oitivas, as vítimas foram encaminhadas ao Posto Médico Legal do município para realização dos exames periciais, e a investigação prossegue para elucidação completa dos fatos. Até o momento, não houve prisão", afirmou a instituição, por nota (leia a íntegra abaixo). 
 

Nota da Polícia Civil

 
"Assim que acionada, nesta terça-feira (23), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) adotou todas as providências iniciais cabíveis para apurar a notícia do crime de estupro em Timóteo. A autoridade responsável instaurou o Inquérito Policial e, até o momento, três pessoas já prestaram declarações, entre elas, as vítimas e o pai de uma delas. Após as oitivas, as vítimas foram encaminhadas ao Posto Médico Legal do município para realização dos exames periciais, e a investigação prossegue para elucidação completa dos fatos. Até o momento, não houve prisão". 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade