UAI
Publicidade

Estado de Minas BAIRRO APARECIDA

Homem sobrevive a rajada de tiros e dirige até encontrar socorro

Segundo a PM, vítima, de 43 anos, já tinha passagens pela polícia e foi detida em um carro com um foragido por tráfico no Paraná


16/11/2021 12:50 - atualizado 16/11/2021 13:05

Fachada do Hospital Odilon Behrens
Homem foi levado ao Hospital Odilon Behrens em estado grave (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 08/09/2015)

Um crime na noite dessa segunda-feira assustou quem passava pela Rua Cirilo Gaspar de Araújo, no Bairro Aparecida, Região Noroeste de Belo Horizonte. Um carro foi alvo de uma rajada de tiros e, mesmo ferido, o motorista saiu dirigindo até parar em um local e ser socorrido. O homem, de 43 anos, tem passagens pela polícia. 

Ele e a companheira estavam em um Kia Sportage. De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher contou que eles estavam a caminho de uma casa de shows quando pararam em uma farmácia para comprar um produto. Pouco depois, eles foram surpreendidos por um homem de capacete que já chegou atirando na direção do motorista. 

No meio dos disparos, a mulher conseguiu abrir a porta do passageiro e se arrastou até entrar em uma padaria e se esconder. Depois dos tiros, o homem fugiu. Já o motorista, conseguiu dirigir em direção à Avenida Américo Vespúcio e foi parar na Rua Vassouras, a mais de um quilômetro do local do crime, onde foi socorrido por terceiros. 

A vítima foi encontrada no Hospital Odilon Behrens, no Bairro São Cristóvão. Segundo a PM, os médicos se limitaram a dizer que o estado de saúde dele era grave. 

O carro da vítima foi encontrado na Rua Vassouras com várias marcas de disparos. A perícia da Polícia Civil esteve no local do crime e recolheu 15 cápsulas e um projétil. 

A companheira da vítima disse que ele pretendia se mudar para o Rio de Janeiro, onde estava montando uma rádio esportiva com o cunhado dela. 

Fuga para foragido


Ainda de acordo com a Polícia Militar (PM), uma pesquisa mostrou que o homem baleado tem várias passagens por crimes. Em março desde ano, conforme um dos registros de ocorrências, ele foi detido dirigindo um carro com um foragido da Justiça do estado do Paraná. 

Esse passageiro, segundo a polícia, era procurado por tráfico por ter sido preso com um helicóptero que transportava 118 quilos de cocaína e 30 quilos de crack. 

O caso foi encaminhado à Polícia Civil. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade