UAI
Publicidade

Estado de Minas TRADIÇÃO

Festival da Jabuticaba: 'Ano que vem vamos voltar à rua', garante prefeito

Organização chama atenção dos visitantes no 35º Festival da Jabuticaba, em Sabará. A festa continuará no próximo fim de semana, nos dias 19, 20 e 21 de novembro


15/11/2021 18:12 - atualizado 15/11/2021 18:40

Visitantes em estandes da Feira da Jabuticaba, em Sabará
Festival da Jabuticaba, em Sabará, está acontecendo apenas nos finais de semana (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

O segundo dia do Festival da Jabuticaba, em Sabará, nesta terça-feira de feriado da Proclamação da República (15/11), foi com muito sol. Com controle de público, o evento se mostra organizado e com estrutura de primeira. O prefeito de Sabará, Wander Borges, comemora a festa, pela primeira vez realizado em local fechado, mas já prevê que “ano que vem vamos voltar para a rua”. 

O Festival da Jabuticaba está sendo realizado dentro do Centro Administrativo Hélio Geraldo de Aquino, no Centro, porém os carros dos visitantes ficam estacionados à margem do Rio Sabará. Fato que gerou segurança e satisfação aos turistas por a Prefeitura ter disponibilizado fiscais e proibido flanelinhas no local. 

“A gente se diverte tranquilo, sabendo que tem os fiscais organizando e cuidando daqui de fora também”, diz Daniel Vilela Martins, visitante de Belo Horizonte. 

Este é o primeiro ano do Festival da Jabuticaba em local fechado. Devido à pandemia do novo coronavírus, o evento teve que ser com o público controlado. Em 2019, por exemplo, a cidade recebeu cerca de 130 mil pessoas em quatro dias de evento.

O prefeito Wander Borges, comemora a retomada dos eventos de entretenimento. “Depois de um ano e meio as pessoas estão carentes de se encontrar, de conversar, de brincar, de ouvir uma música de boa qualidade. Nós estamos felizes, tem muito turista, muita gente de fora. Estava chovendo e veio esse céu azul anil, temos muito o que agradecer. A rotatividade do público está grande e oportuniza muitos a participar”, pontua o prefeito que estava curtindo a festa nesta terça e já almeja o próximo. “É a primeira vez em ambiente fechado, mas ano que vem vamos voltar para a rua com todas as nossas forças”.

Na entrada, o público passa por vistoria de seguranças, aferição da temperatura, e a máscara é exigida para a permanência no local. 
visitantes em estande com atendimento em braile disponível
A acessibilidade também foi notada no evento (foto: Émile Patrício/Divulgação)

Nas barracas há produtos diversos que vão muito além da fruta e das mudas da jabuticabeira à venda. O público pode degustar diversos pratos com um toque especial da jabuticaba seja como ingredientes ou em molhos variados. Há também licor, vinhos, sorvete, picolé e tantas outras delícias. Os drinks com a fruta também chamam a atenção. 

A festa continuará no próximo fim de semana, nos dias 19, 20 e 21 de novembro. 
exposição de produtos derivados da jabuticaba
Os derivados da jabuticaba ganham a atenção do visitante (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 
Maior festa da cidade movimenta economia

No ano passado, o Festival da Jabuticaba ocorreu totalmente virtual e os produtores dos derivados da fruta realizaram vendas de forma online. Para o prefeito, esta retomada é significante e uma necessidade econômica. “A ideia, primeiramente, é retomar a atividade do Festival, oportunizar as produtoras dos derivados da fruta. Nós temos um concurso que afere a qualidade dos produtos a cada ano e que já ganha as prateleiras dos supermercados não só em Belo Horizonte, mas até fora do Estado e exterior”, pontua Wander Borges.

“A necessidade econômica se torna imperativa em uma cidade como Sabará e o Festival é o principal e maior evento que temos. Gera oportunidades a diversas pessoas, muita gente autônoma, vai do segurança, o rapaz que controla o banheiro, os organizadores do trânsito, muitos trabalhadores além dos produtores. A gente oportuniza a este pessoal também um ganho em um momento extremamente delicado e difícil e gira a economia da cidade uma vez que o Festival atinge o município como um todo”, finaliza Wander Borges. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade