UAI
Publicidade

Estado de Minas CENTRO-OESTE DE MINAS

Bandidos mantêm família amarrada e sob ameaça enquanto roubam fazenda

Em menos de uma semana, dois assaltos registrados em fazendas na região de Itaúna assustaram moradores pela forma como aconteceram. Polícia busca pistas


12/11/2021 20:55 - atualizado 12/11/2021 21:08

Viatura da polícia em frente a igreja
Reunião da Rede de Vizinhos Protegidos aconteceu na zona rural de Itaúna em outubro (foto: Hélem Lara/Esp. EM)

A tranquilidade da vida no campo foi interrompida por dois crimes que deixaram assustados os moradores da região Centro Oeste de Minas. Três integrantes de uma família – pai, mãe e filho – foram amarrados e ameaçados por bandidos armados com pistolas enquanto a fazenda onde moram era roubada.

O crime aconteceu em Carmo do Cajuru, cidade do Centro Oeste mineiro, na madrugada de quinta-feira (11/11). Na semana anterior, no dia 5/11, um roubo com o mesmo "modus operandi" aconteceu em outra fazenda da região, na zona rural de Itaúna, onde um fazendeiro foi amarrado e ameaçado por bandidos armados.

Nos dois crimes houve roubo de caminhonetes, equipamentos de uso agrícola e as casas foram reviradas. A polícia segue no encalço dos criminosos e pede ajuda da população para que denunciem qualquer suspeita por meio do Disque Denúncia Unificado 181 (denúncias anônimas) ou pelo 190.
 

A ação em Carmo do Cajuru

A madrugada foi violenta e de muita tensão em uma fazenda em Angicos, localizada na zona rural na divisa entre Itaúna e Carmo do Cajuru. De acordo com o boletim de ocorrência que foi registrado pelo 3º pelotão da 142ª Cia de Polícia Militar, com sede em Carmo do Cajuru, às 4h40 da manhã os militares foram acionados para a fazenda onde três homens encapuzados e armados com pistolas amarraram os moradores e os mantiveram sob ameaças enquanto reviravam toda a casa e roubavam vários pertences.
 
Foram levados uma picape Fiat Strada Work vermelha, placa OWX9128, um gerador, duas motosserras marca Husqvarna, um furador, três furadeiras marca Bosch, duas lixadeiras, uma plaina, uma TV marca Sansung, uma esmeriladeira e cerca de R$ 2 mil em dinheiro.
 
O tenente Duarte, da PM de Carmo do Cajuru, informou que os moradores, pai, mãe e filho, ficaram amarrados durante todo o tempo e sob ameaça de arma de fogo.
 

O assalto em Itaúna

Em Itaúna, os criminosos surpreenderam o morador da fazenda, na região de Grota do Segredo, quando ele chegava na propriedade rural em seu veículo Toyota Bandeirante de cor bege.

Três homens, dois deles armados, anunciaram o assalto e o levaram para a sede da fazenda amarrado dentro da carroceria da caminhonete. Enquanto estava amarrado, os assaltantes o ameaçaram com a arma apontada para a cabeça, lhe golpearam e ameaçaram cortar os pés e os dedos.

A casa foi toda revirada. Levaram do proprietário rural, um homem de 58 anos, a caminhonete Toyota, que usaram para a fuga, um revólver calibre .38, um aparelho celular e um gerador de energia.

Após 40 minutos, a vítima soltou-se das amarras e pediu ajuda em um sítio vizinho.
 
O major Alexsandro, comandante da 51ª Cia de Polícia Militar de Itaúna, afirmou que não é comum esse tipo de ação criminal no município.

"São locais próximos (Angicos, zona rural de Carmo do Cajuru, e Grota do Segredo, zona rural de Itaúna) e realmente pode ser o mesmo pessoal. Estamos realizando algumas diligências no intuito de identificação e até recuperação de material subtraído. Aqui temos equipe atuante da patrulha rural e a participação da comunidade rural para denúncia é fundamental nesse contexto", destacou o militar.


Viatura da PM em estrada de terra
Patrulha rural permite proximidade da polícia com fazendeiros, sitiantes e trabalhadores rurais (foto: PMMG/Divulgação)
 
 
Ação bem sucedida

Para coibir crimes na zona rural das cidades do Centro Oeste de Minas, a Polícia Militar da 7ª Região lançou, no final de setembro (24/9), o Cinturão Rural setorizado, digitalizado e monitorado.

"Existe uma preocupação com o homem do campo que fica mais vulnerável, por isso o lançamento desse projeto pioneiro pelo Coronel Wemerson Lino Pimenta", explicou o tenente Rodolfo, da 7ª região.
 
Uma iniciativa de sucesso na prevenção de crimes na zona rural foi a implantação da Rede de Vizinhos Protegidos em duas comunidades de Itatiaiuçu, cidade vizinha a Itaúna que está sob comando da 51ª Cia de Polícia Militar.

De acordo com o tenente Máximo, que coordena a ação, a rede de vizinhos foi implantada há dois anos e houve uma redução de crimes, bem como uma resposta mais rápida de identificação e prisão de criminosos que agiram na região nesse período.
 
"Especialmente nos povoados de Rio São João e Medeiros, após a instalação das redes, com troca de informações da comunidade com a Polícia Militar, ações de prevenção e medidas de autoprevenção que foram adotadas pela comunidade após as instruções da PM observamos uma melhoria significativa na segurança. Mesmo quando houve algum acréscimo de furtos, a comunidade passou as informações, os autores foram identificados e a prática cessou", explica Máximo.
 
O tenente ressaltou também o trabalho da Patrulha Rural voltado à segurança das comunidades e povoados da região com o cadastramento dos moradores, um contato mais próximo entre a PM e moradores permitindo aos militares conhecer a rotina das pessoas que vivem na zona rural, identificar quem mora na região para agir de forma preventiva em parceria com a comunidade.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade