UAI
Publicidade

Estado de Minas CORRUPÇÃO NA POLÍCIA

Polícia prende servidores da corporação por fraude e corrupção no Detran-MG

A operação "Seca Fonte" é coordenada pela Corregedoria da PCMG, que começou as investigações em março de 2019


12/11/2021 20:41 - atualizado 13/11/2021 12:29

Policiais fazem operação em galpão de empresa
Policiais civis cumpriram mandados contra policiais corruptos (foto: PCMG)
Nada menos que 15 mandados de prisão, sendo oito contra servidores da Polícia Civil, entre delegados de polícia, investigadores e funcionários administrativos, e 58 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e locais de trabalho dos investigados, inclusive, seis unidades policiais, foram cumpridos nesta sexta-feira (12/11), pela Corregedoria de Polícia Civil, em Belo Horizonte, Vespasiano, Contagem, Santa Luzia, Igarapé, Guaxupé e São Paulo (SP).

 

Esta é uma operação deflagrada pela Corregedoria da PCMG, com apoio do Ministério Público de Minas Gerais, que foi batizada "Seca Fonte", em decorrência de crimes descobertos praticados por pessoas que integram a Polícia Civil.

A investigação é decorrente de inquérito instaurado, a partir de denúncias, em março de 2019. Tais denúncias vieram ao conhecimento da Corregedoria através de áudios vazados nas redes sociais e também de denúncias feitas através da imprensa


A grande maioria das denúncias diz respeito ao Detran-MG. Policiais Civis, servidores administrativos da PCMG, e despachantes também estão entre os suspeitos de cometimento de crimes.


Os mandados foram expedidos a partir de representação da Corregedoria Geral de Polícia Civil em razão de investigação feita pelo órgão para apuração da prática de crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica, organização criminosa, lavagem de dinheiro ou ocultação de bens.


Toda a investigação foi acompanhada pela 11ª Promotoria de Justiça e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade