UAI
Publicidade

Estado de Minas Ladrões de gado

Em menos de 24 horas, PMRv prende ladrões de gado e esclarece roubo

Ao avistar o veículo da PMRv, ladrões aumentaram a velocidade para tentar escapar. Com eles, além de armas, havia um cheque roubado de R$ 300 mil


07/10/2021 18:03 - atualizado 07/10/2021 19:27

Armas apreendidas
Armas e cheque roubado foram encontrados em poder dos ladrões de gado, presos próximo a Diamantina (foto: PMRv/Divulgação )

O roubo de 149 cabeças de gado, ocorrido na quarta-feira (6/10), numa fazenda em Pompéu, na microrregião de Três Marias, foi esclarecido em menos de 24 horas, com a prisão dos três autores, pela Polícia Militar Rodoviária (PMRV). TLA, de 24 anos, e MLA, de 25, são conhecidos como os ''irmãos Thiago e Márcio''. A vítima do roubo é um senhor de 73 anos.

 



A prisão ocorreu próximo a Diamantina. Patrulheiros rodoviários, os sargentos Valdeni e Adão Wendell, o cabo Anderson e o soldado Baracho faziam o patrulhamento da rodovia e suspeitaram de um Fiat Strada, que tinha três ocupantes. O veículo, ao avistar o veículo da PMRv, aumentou a velocidade. Foi seguido e parado pelos patrulheiros.


Na revista aos três ocupantes do veículo, foram encontrados duas armas e um cheque de R$ 300 mil, que tinha sido levado nesse roubo de gado.


Os patrulheiros passaram então a interrogar os homens, que acabaram confessando o roubo da véspera, contando também, para onde o gado tinha sido levado, em Senador Modestino Gonçalves, sendo deixado na fazenda de um dos integrantes da quadrilha.


Com a apuração desse crime, estima-se que outros casos de roubo de gado possam ser apurados, devido ao modus operandi da quadrilha.



 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade