Publicidade

Estado de Minas

Quadrilha especializada em roubo de gados é presa e animais são recuperados em Minas

As investigações apontaram que o grupo era organizado e tinha até veículos próprios para o transporte de animais. Seis homens foram presos pela Polícia Civil


postado em 04/08/2017 18:59 / atualizado em 04/08/2017 20:06

Investigações contra a quadrilha já duravam quatro meses(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Investigações contra a quadrilha já duravam quatro meses (foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma quadrilha especializada em roubos de gados foi presa pela Polícia Civil nesta sexta-feira durante uma operação em Minas Gerais. As investigações apontaram que o grupo era organizado e tinha até veículos próprios para o transporte de animais. Ao todo, seis homens foram presos e mais de cem cabeças de gados de diversas raças recuperados. As apurações vão seguir para tentar encontrar outros suspeitos do crime.

As investigações começaram há quatro meses. Com as provas contras a quadrilha, a Polícia Civil pediu mandados de prisão à Justiça que foram cumpridos nesta sexta-feira. Foram presos seis integrantes da organização criminosa. São eles: Vantuil Pedrosa, de 44 anos, Francisco Vicente Netto, 53, Benedito Philadlpho Pereira, 71, Thiago Ribas de Souza, 21, Marcos Vinícius Ribas de Souza, 24, e Edmilson Gonçalves de Souza, de 39 anos.

Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos e os investigadores apreenderam veículos de passeio, caminhões, aproximadamente 400 quilos de carne de origem ilícita, animais furtados, além de outros materiais ligados aos furtos. “Esta organização tinha integrantes com funções bem definidas e possuíam, inclusive, fazenda para ocultar os animais furtados”, explicou o Chefe do Departamento da Polícia Civil em Curvelo, Delegado-Geral Flávio Destro.

Segundo o delegado, o grupo tinha um grande aparato logístico e contava até com caminhões próprios para o transporte de animais. “Além das apreensões, foi interditado um local de abate clandestino dos animais furtados, bem como lacrados dois açougues que comercializavam a carne, inclusive vendendo carne estragada“, relatou o delegado titular da Delegacia de Curvelo, Diego Matos. A ação ocorreu em conjunto com o Instituto Mineiro de Agropecuária e com a Vigilância Sanitária.

Gados levados pelos criminosos foram recuperados(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Gados levados pelos criminosos foram recuperados (foto: Polícia Civil/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade