UAI
Publicidade

Estado de Minas FOGO EXTINTO

MG: bombeiros finalizam combate a incêndio em Arinos após 10 dias

Quase 20 mil hectares foram consumidos pelas chamas. Sargento morreu durante a operação


25/09/2021 18:57 - atualizado 26/09/2021 12:22

Combate ao incêndio em Arinos, no Noroeste de Minas Gerais, durou 10 dias
Combate ao incêndio em Arinos, no Noroeste de Minas Gerais, durou 10 dias (foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Após 10 dias de combate intenso por parte dos militares do Corpo de Bombeiros, o incêndio florestal que atingia Arinos, no Noroeste de Minas Gerais, chegou ao fim. A confirmação foi dada neste sábado (25/9), após um dia que envolveu a extinção de pequenos focos e monitoramento.

Segundo os bombeiros, aproximadamente 19.619 hectares, que englobam vegetação de cerrado, mata ciliar, vereda e pasto, foram consumidos pelas chamas. O incêndio ocorreu em área de assentamentos, propriedades agrícolas e em uma reserva legal.



Após dias intensos de incêndio, neste sábado os bombeiros deslocaram duas equipes para monitorar e combater focos de chamas. Às 16h, o fogo foi extinto e os militares voltaram ao posto de comando, que foi desmobilizado às 17h, finalizando, assim, a operação. 

Ainda de acordo com os bombeiros, as equipes devem retornar para as suas unidades na manhã deste domingo (26/9).
 
Morte

Nesta semana, o 2º sargento Carlos Roberto da Silva morreu após sofrer um mal súbito durante o combate ao incêndio em Arinos. Ele orientava equipes na última quarta-feira (22/9), quando se sentiu mal e desmaiou. 

Uma UTI móvel de Arinos chegou a ser deslocada para resgatar o 2º sargento, que teve uma parada cardiorrespiratória antes da chegada da ambulância. 

Na última quinta (23/9), Carlos Roberto foi enterrado em Barbacena, no Campo das Vertentes, onde era lotado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade