UAI
Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

Suspeito de matar homem e esconder corpo em caixa de gordura está foragido

Crime ocorreu há mais de uma semana e mulher, que teria sido pivô do crime, está presa


21/09/2021 20:16 - atualizado 21/09/2021 20:16

Corpo foi encontrado na caixa de gordura do Condomínio conhecido por
Corpo foi encontrado na caixa de gordura do Condomínio conhecido por "Predinhos do Miriti" (foto: Realpublicação.com)
A polícia ainda não tem pistas do principal suspeito de ter assassinado Júlio Maycon de Abreu, de 20 anos, cujo corpo foi encontrado dentro de uma caixa de gordura de um condomínio, conhecido por “Predinhos do Miriti”, no Bairro Machado, em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O suspeito é Eliseu Silva Souza, que teria cometido o crime por ciúmes da namorada Camila.


A história gira em torno de um triângulo amoroso. Eliseu é namorado de Camila, que mantinha um relacionamento com Júlio, o que não era aceito pelo primeiro, que teria decidido dar cabo da vítima.


A Polícia Militar foi chamada por um morador, que contou que as pessoas estavam sentindo um mau cheiro vindo da caixa de gordura de um dos prédios. Ela estava tampada por um bloco de concreto, além de estar lacrada com cimento e havia, ainda, terra por cima. Por esse motivo, ele resolveu abrir a caixa e encontrou o corpo.


O irmão da vítima, Alex, que reconheceu o corpo, confirmando aos policiais militares e peritos que a roupa era de seu irmão, contou que Júlio estava desaparecido há mais de uma semana.


Júlio, segundo Alex, estava vivendo com uma vizinha, Camila, que teria sido namorada de Eliseu. Isso teria despertado o ciúmes no ex, que resolver matar Júlio. 


Depois de dar a informação aos policiais, Alex usou uma desculpa de que iria para o IML e desapareceu. Pouco tempo depois, chegou a informação para os policiais que este e outros dois homens teriam ido até a casa de Eliseu, onde Camila passou a viver, para vingar a morte do irmão.


Júlio chegou a cercar Eliseu, mas a arma, uma cartucheira velha, mascou na hora em que Alex atirou e, nesse instante, Camila apareceu, gritando para Eliseu fugir. Na fuga, Eliseu esfaqueou um dos três homens. Este foi levado para a UPA de Ibirité.


Na delegacia de Ibirité, Camila contou que tinha ido morar com Júlio depois de ter tido uma briga com Eliseu. Falou também que suspeitava ter sido esse o motivo da morte do ex-companheiro. E contou que estava com medo de ser morta.


Testemunhas contaram que Eliseu era desafeto de Júlio. Os policiais suspeitam que Camila tenha ajudado a ocultar o cadáver, pelo fato de ter ido morar com o suspeito logo depois do crime. Ela está presa, assim como o homem esfaqueado. Os outros dois, Alex, irmão de Júlio, e o outro homem, são procurados, assim como Eliseu.



 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade