Publicidade

Estado de Minas VANDALISMO E ROUBO

Obra em rua de Pouso Alegre é alvo de ladrões; veja vídeo

Câmeras de segurança flagraram ladrão retirando os balizadores da Rua Adolfo Olinto para roubar a fiação de cobre


03/08/2021 19:31 - atualizado 03/08/2021 20:03

Câmeras de segurança flagram homem retirando balizadores da rua para roubar fiação(foto: Reprodução de vídeo)
Câmeras de segurança flagram homem retirando balizadores da rua para roubar fiação (foto: Reprodução de vídeo)
A Rua Adolfo Olinto, na região central de Pouso Alegre, tem sido alvo de vandalismo desde o início da semana. Imagens de câmeras de segurança flagraram um homem retirando os balizadores da via para roubar a fiação de cobre na madrugada desta terça-feira (3/8). Ontem, outros postes já haviam sido depredados.

LEIA TAMBÉM: Pouso Alegre amplia vacinação contra COVID para pessoas com 38 e 39 anos
 
A estrutura faz parte da obra de requalificação da Adolfo Olinto, que está em fase de conclusão. O projeto prevê alargamento de calçadas, nivelamento do piso da via, além da instalação de pequenas praças de convivência ao longo da rua, com mobiliário urbano, paisagismo e iluminação.


 
Porém, a obra tem sido alvo de vandalismo antes mesmo de ser entregue. Na segunda-feira, sete balizadores foram arrancados ou retorcidos. Hoje, mais 20 postes foram depredados. A Prefeitura de Pouso Alegre já registrou boletim de ocorrência.

O próximo passo é tentar identificar o autor por meio das imagens de segurança.

Requalificação da Adolfo Olinto

A Prefeitura de Pouso Alegre anunciou no segundo semestre de 2020 que iria revitalizar a Rua Adolfo Olinto no trecho entre a Avenida Vicente Simões e a Rua Bom Jesus, em Pouso Alegre. O intuito é melhorar a mobilidade e garantir conforto e segurança ao pedestre.
 
Requalificação da Adolfo Olinto prevê instalação de pequenas praças de convivência ao longo da rua(foto: Terra do Mandu )
Requalificação da Adolfo Olinto prevê instalação de pequenas praças de convivência ao longo da rua (foto: Terra do Mandu )
 
A via concentra grande número de lojas de roupas, calçados, óticas e joalherias, entre outros segmentos. Ela é considerada como um shopping a céu aberto pela variedade de opções disponíveis para os consumidores.
 
A obra conta com recursos de financiamento do FGTS dentro da linha de crédito do ‘Avançar Cidades Mobilidade’. No projeto inicial, o valor da obra foi orçado em R$ 1.340.380,71, com duração prevista de três meses.
(Gabriella Starneck - Especial para o EM)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade