Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Receita Federal doa mercadorias apreendidas para entidades beneficentes

Produtos estão avaliados em R$ 1,2 milhão e serão destinados a 30 instituições do Sul de Minas, sendo sete de Poços de Caldas


14/07/2021 21:29 - atualizado 14/07/2021 21:33

Serão doados pela Receita Federal equipamentos eletrônicos, celulares, videogames, brinquedos e artigos de bazar(foto: Receita Federal/Divulgação)
Serão doados pela Receita Federal equipamentos eletrônicos, celulares, videogames, brinquedos e artigos de bazar (foto: Receita Federal/Divulgação)
A Receita Federal vai destinar mercadorias apreendidas em operações de fiscalização para 30 entidades beneficentes e órgão públicos do Sul de Minas, sendo sete de Poços de Caldas. A entrega será realizada nesta quinta-feira (15), às 11h, no Depósito de Mercadorias Apreendidas do município.
Dentre os produtos que serão doados para as instituições, estão equipamentos eletrônicos, celulares, videogames, brinquedos e artigos de bazar.

A Receita Federal informou que as mercadorias estão avaliadas em R$ 1,2 milhão, e são provenientes de operações feitas nos últimos anos, inclusive a Operação Oriente – realizada no mês passado em Pouso Alegre.
 
“Essas mercadorias foram apreendidas justamente pela importação irregular, pelo não pagamento de tributos e pela não emissão de notas fiscais”, explica o delegado da Receita Federal no Sul de Minas, auditor fiscal Michel Lopes Teodoro.

Ainda segundo Michel, destinar esses produtos para atender o interesse público e social é uma forma de recuperar os valores dos impostos sonegados, que serviriam para financiar investimentos em saúde, educação, segurança pública, dentre outras áreas. 
 
“Nesse momento, nós estamos repassando, de uma forma indireta, o financiamento que essas entidades teriam caso essas outras entidades tivessem pago seus impostos. Então o nosso viés, nesse momento, é mostrar o lado institucional, o lado social da Receita Federal fazendo o devido repasse dessas mercadorias e entregando para as entidades – principalmente nesse momento de pandemia que tanto as entidades quanto a população precisam de uma atenção especial”, destaca o delegado da Receita Federal
 
O analista tributário Edir Simões Junior, responsável pelas destinações de mercadorias, também ressalta que as doações são importantes para reduzir o custo de armazenagem dos itens no depósito e evitar que os produtos se tornem obsoletos.
 

Repasse para entidades beneficentes

As mercadorias serão destinadas para 30 instituições e órgão públicos de 17 municípios do Sul de Minas. Em Poços de Caldas, sete entidades beneficentes vão receber as doações: Associação Bem Viver de Apoio a Comunidade de Poços de Caldas; Associação Chácara Santa Clara; Gota de Leite Sinhá Junqueira Lemos; Caixa Escolar do Centro de Educação Infantil do Rotary Club; Associação Criança Feliz; Fundação Gota de Leite de Assistência à Criança; e Associação de Apoio a Assistência a pacientes oncológicos.
 
Confira a lista completa das outras instituições que serão beneficiadas:
 
Congregação das Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações (Pouso Alegre); 
Asilo Nossa Senhora Auxiliadora (Pouso Alegre); 
Projeto Social Santo Antônio de Pouso Alegre - Prossan (Pouso Alegre); Associação de Apoio aos Portadores de Necessidades Especiais em Minas Gerais  - APAE (Pouso Alegre);
Serviço de Assistência e Recuperação Adulto e Infância de Alfenas (Alfenas);
Associação dos Voluntários Vida Viva de Alfenas (Alfenas);
Lar São Vicente de Paulo de Alfenas (Alfenas);
Pastoral de Saúde São Camilo de Lellis de Juruaia (Juruaia);
Hospital Monsenhor Genésio de Juruaia (Juruaia);
Associação dos diabéticos de Três Corações (Três Corações);
Fundação Itaú de Assistência Social (Itaú de Minas);
Lar São Vicente de Paulo do Distrito Divino Espírito Santo (Alterosa);
São Lourenço Rugby (São Lourenço)
Lar São Vicente de Paulo (Campestre);
Lar da Criança Andradense de Andradas (Andradas);
Bem-me-quer grupo de apoio aos portadores de câncer (Monte Santo de Minas);
Núcleo Assistencial Casa do Vovô (Lavras);
Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Campo Belo);
Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Passos (Passos);
Hospital de São João Batista do Glória (São João Batista do Glória);
Município de Caxambu;
Município de Monsenhor Paulo;
Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.
Gabriella Starneck - Especial para o EM


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade