Publicidade

Estado de Minas INSETOS PERIGOSOS

Bombeiros socorrem homem e cavalo que eram atacados por abelhas em Minas

O caso ocorreu em Montes Claros, no Norte de Minas; homem e o animal seguem em observação, sob cuidados médicos


24/06/2021 11:26 - atualizado 24/06/2021 12:13

Bombeiros socorrem homem e cavalo que foram atacados por abelhas em Montes Claros, Norte de Minas(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Bombeiros socorrem homem e cavalo que foram atacados por abelhas em Montes Claros, Norte de Minas (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Um homem de 40 anos e um cavalo foram atacados por um enxame de abelhas em Montes Claros, no Norte de Minas, nesta quarta-feira (23/6). Segundo informações preliminares, o homem tem dificuldade de mobilidade. Já o cavalo foi atacado quando estava amarrado. Os dois tiveram de receber atendimento para que os ferrões fossem retirados.
 
De acordo com o Batalhão do Corpo de Bombeiros da cidade, o primeiro ataque do dia ocorreu no Bairro Village Lago 1, por volta das 9h.

Chegando ao local, os militares encontraram o homem deitado em passeio público embrulhado em um cobertor, sendo atacado pelas abelhas. Eles usaram equipamentos de EPI e um fumegador para espantar os insetos. O homem foi levado para o Hospital Universitário, onde segue sob cuidados médicos.
 
Cavalo que foi socorrido após ataque de abelhas(foto: (7º BBMMG)/Divulgação)
Cavalo que foi socorrido após ataque de abelhas (foto: (7º BBMMG)/Divulgação)
No mesmo dia um cavalo também foi socorrido de ataques de abelhas, desta vez no Bairro Distrito Industrial, por volta de 14h50.

Os bombeiros usaram novamente os equipamentos para conseguir tirar os insetos de perto do animal. Ele estava amarrado e foi retirado do local para ser entregue ao proprietário, que foi orientado a levá-lo ao veterinário devido a quantidade de ferrões inseridos no cavalo.
 
Os militares informaram que os insetos dos ataques são abelhas do tipo “Europa”. Segundo especialistas, o ferrão deste tipo de abelhas pode causar reações alérgicas e, dependendo do número de ferroadas, chegar a ser até fatal.
 
O Corpo de Bombeiros alerta a importância dos cuidados nesta época do ano, em que há a migração destes insetos para outros locais, tendo a possibilidade deles ficarem em galhos de árvores ou postes, podendo vir a causar acidentes, colocando em risco a vida das pessoas e animais.
 

*Estagária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade