Publicidade

Estado de Minas FLAGRANTE

Servidoras da saúde de São José da Lapa são flagradas vacinando conhecidos

Prefeito da cidade condenou a atitude das servidoras


19/06/2021 18:12 - atualizado 19/06/2021 19:13

Na manhã deste sábado (19/6), o prefeito de São José da Lapa, Diego Álvaro (Avante), na Região Metropolitana de Belo Horizonte, publicou em seu Instagram um vídeo informando que serão aplicadas punições administrativas para as servidoras da Saúde do município, suspeitas de vacinarem, irregularmente, pessoas próximas a elas. A ação foi descoberta por meio de vídeos do momento da vacinação, encaminhados por moradores para o celular do secretário Municipal de Saúde.

"Nós não toleraremos nenhum servidor que faça o tratamento irregular das vacinas. Já fizemos o boletim de ocorrência e todas as providências serão tomadas. Elas já foram afastadas e serão desligadas do cargo”, disse o prefeito.

As pessoas vacinadas não estavam na lista de prioridade de vacinação, conforme estabelecido pelo Plano de Imunização Nacional. “Podem contar com nossa total altivez e também com a Justiça. Seguiremos o PNI da forma que exigida em Lei. Nós já realizamos o afastamento dessas duas servidoras e consequentemente faremos o desligamento delas nos próximos dias. A outra servidora é concursada", explicou Diego Álvaro.
Prefeito prometeu tomar providências contra as servidoras(foto: Reprodução)
Prefeito prometeu tomar providências contra as servidoras (foto: Reprodução)

O vídeo, registrado por moradores da cidade, mostra as servidoras vacinando um homem e os amigos no meio da rua. É possível ver uma delas anotando em um papel, enquanto outra servidora está com uma caixa térmica. Uma mulher segura o braço de um homem, no possível local em que a vacina poderia ter sido aplicada.

Duas técnicas de enfermagem, de 28 e 40 anos, e uma agente de saúde, de 39, foram conduzidas pela Polícia Militar para a Delegacia de Plantão em Vespasiano, nessa sexta-feira (18). Conforme a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil de Minas Gerais, elas foram ouvidas e liberadas até que as apurações sejam concluídas. As investigações seguem em andamento pela Delegacia de Polícia Civil em São José da Lapa e outras informações serão prestadas em momento oportuno.

*Estagiária sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade