Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: Araxá começa a vacinar grávidas e puérperas em geral

Com menos de 40 mil doses aplicadas, cidade de 110 mil habitantes convive com ocupação de UTIs/COVID perto do limite e decreto que impõe toque de recolher


15/06/2021 10:46 - atualizado 15/06/2021 10:59


Nesta terça-feira (15) está liberada em Araxá a vacinação paras as mulheres acima de 35 anos, em geral(foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
Nesta terça-feira (15) está liberada em Araxá a vacinação paras as mulheres acima de 35 anos, em geral (foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
O município de Araxá, no Triângulo Mineiro, inicia nesta terça-feira (15/6) a vacinação contra a COVID-19 para grávidas e puérperas (até 45 dias de pós-parto) em geral. A cidade, de cerca de 110 mil habitantes, se aproxima de um total de 50 mil aplicações da vacina, mas ainda com ocupação de suas UTIs/COVID perto do limite.
 
Segundo informações da Secretaria Municipal de Araxá, a imunização desse novo grupo será exclusivamente na Unisa por ordem de faixa etária, sendo que nesta terça-feira (15/6) está liberada a vacinação paras as mulheres acima de 35 anos; na quarta-feira (16/6), mulheres acima de 30 anos; quinta-feira (17/6), mulheres acima de 25 anos e na sexta-feira (18/6), mulheres acima de 18 anos.
 
“Para receber a vacina a grávida ou puérpera deve apresentar CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão de SUS (se tiver) e a declaração legível do médico, emitida em 2021, comprovando a condição clínica. Para puérperas, também será exigido comprovante de nascimento do bebê”, destaca trecho de nota emitida pela prefeitura.

Para a secretária de Saúde de Araxá, Lorena de Pinho Magalhães, a imunização deste grupo é um importante passo da vacinação contra a COVID-19, “uma vez que tem sido constatado aumento de casos graves da doença entre grávidas e puérperas”.
 
Nesta terça-feira (15/6) também é retomada na cidade a aplicação da 1ª dose para pessoas com comorbidades, incluindo grávidas e puérperas, portadores de síndrome de Down e de deficiência permanente grave (com ou sem BPC), a partir de 18 anos.
 
Segundo o último Vacinômetro de Araxá, foram distribuídas na cidade 43.949 doses de vacina contra a COVID-19, sendo que 38.188 foram aplicadas (1º dose: 25.994 e 2° dose: 12.194) e 5.761 doses estão disponíveis para aplicação.   

Município finaliza vacinação de profissionais da educação nesta semana
 
Araxá informou que vai concluir a vacinação contra COVID-19 de profissionais da educação da rede municipal e particular nesta semana.

Segundo cronograma divulgado pela prefeitura, professores e trabalhadores do setor serão contemplados com a vacina até sexta-feira (18/6), sendo que cada instituição terá um dia específico para receber a primeira dose do imunizante.
 
A expectativa da Saúde de Araxá é de que mais de 2,5 mil profissionais recebam a primeira dose do imunizante contra a COVID-19.
 
Com relação ao cronograma de imunização, ainda conforme a prefeitura, acontecerá por ordem alfabética de cada escola e será realizada em dois pontos: no Ginásio Dom Bosco e Expominas, das 8h às 16h.
 
UTI/COVID perto do limite e toque de recolher entre 21h e 5h
 
De acordo com a Prefeitura de Araxá, o atual decreto municipal foi determinado devido ao aumento de novos casos diários da COVID-19 e taxa de ocupação de leitos de UTI/COVID perto de 100%.
 
Segundo o último boletim epidemiológico da COVID-19, em Araxá, a ocupação de leitos de UTI/COVID do Hospital Santa Casa de Misericórdia, o único da cidade e de sua microrregião que atende pacientes com a doença, está em 90%, ou seja, dos 20 leitos disponíveis, 18 estão ocupados – 15 pacientes de Araxá, um de Ibiá, um de Pedrinópolis e um de Perdizes. 
 
Já a ocupação dos leitos de enfermaria/COVID do hospital está em 88%. Dos 26 leitos disponíveis, 23 estão ocupados. Entre os pacientes, 14 são de Araxá, cinco de Ibiá e quatro de Tapira.
 
 Nas últimas 24 horas, foram confirmados em Araxá 132 casos positivos do novo coronavírus (número considerado alto para a cidade) e dois óbitos (mulher de 46 anos e um homem de 47 anos).
 
Desde o início da pandemia, foram registrados 12.194 casos positivos da COVID-19 no município, sendo que destes, 195 pessoas morreram e 11.066 se recuperaram.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade