Publicidade

Estado de Minas COMÉRCIO

Flores, balões e abraços: últimos preparativos para o Dia dos Namorados

Bares e restaurantes preparam o ambiente para receber casais à noite. Exposição de flores aumenta e namorados finalizam compra de presentes


12/06/2021 17:03 - atualizado 12/06/2021 18:22

Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)
Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)

A liberação de funcionamento para bares e restaurantes com horário estendido em Belo Horizonte alegrou os comerciantes. Na tarde deste sábado (12/06), esses estabelecimentos se preparam para receber os casais apaixonados que desejam comemorar o Dia dos Namorados.

Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)
Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)


O Estado de Minas passou pelas ruas da capital e conferiu o movimento e últimos preparativos para a noite. Nos bares, balões e corações vermelhos decoram as mesas. Na porta de supermercados, muitas flores e rosas.

Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)
Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)


Na entrada e saída de shoppings e lojas do Centro, casais garantiram presentes nos últimos minutos. Os que foram acompanhados dividiram abraçados o frio que faz na cidade.

Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)
Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)

Bares até 1h

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), anunciou, na última quarta-feira (09/06), um horário especial de funcionamento de bares e restaurantes neste sábado (12/06).

“Vamos fazer uma homenagem no Dia dos Namorados. No sábado, somente, até 1h da manhã", informou o prefeito. A partir de domingo, a administração municipal ampliou o funcionamento de bares e restaurantes para até às 22h, diariamente. 

Em outras cidades

Depois de Belo Horizonte anunciar flexibilização para o Dia dos Namorados, o governo estadual autorizou, um dia depois, que as cidades na “onda vermelha” do programa Minas Consciente tenham funcionamento especial em bares e restaurantes neste fim de semana, “mantendo as medidas sanitárias indispensáveis de prevenção ao vírus”.

O anúncio foi feito ao divulgar os ajustes para regras da onda vermelha com Cenário Assistencial e Epidemiológico Desfavorável, categoria criada na semana passada e que estabelece restrições mais rígidas dentro dessa mesma fase do Minas Consciente.

Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)
Movimento e últimos preparativos para a noite do Dia dos Namorados (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)


Durante os dias 11, 12 e 13 de junho (de sexta-feira a domingo), os bares e restaurantes das microrregiões na onda vermelha mais restritiva podem funcionar com atendimento até 22h.

Passado este fim de semana, o funcionamento de bares e restaurantes volta a ser limitado até às 19h, sendo permitido o delivery após esse horário — sem possibilidade de retirada de alimentos e bebidas no balcão. Outros eventos e atrativos culturais, como festas e shows, permanecem proibidos, segundo as determinações do Comitê Extraordinário.

Quem ama protege

Mais cedo, o Estado de Minas mostrou que o segundo Dia dos Namorados em meio à pandemia do novo coronavírus chegou com mais consciência em relação ao uso de máscaras.

Neste 12 de junho, os beijos não podem ter plateia, os abraços serão entre quatro paredes. Afinal, o vírus não tira folga. Casais deram o recado: fique em casa e, se precisar sair, use sempre a máscara, pois ela salva vidas. E protege o seu amor. 

A microbiologista Viviane Alves, professora do Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais, alerta para outros cuidados, como a necessidade de cuidar da higiene das mãos, trocar a máscara em caso de maior tempo de exposição e, independentemente do modelo, é preciso que o acessório esteja bem ajustado ao rosto.

Estudos mostram que, caso haja qualquer tipo de folga entre a máscara e a face, perde-se a eficácia em aproximadamente 60% – mesmo que o acessório seja do tipo cirúrgico. “Tem que estar bem ajustada, para que não haja vazamento na vedação. Se houver falha, é como se você não estivesse usando máscara”, explica.

Pelas ruas, avenidas e praças de BH, vacinados – ou não – prometem não abandonar o uso da proteção facial tão cedo. Jovens, adultos, brancos, pretos, pobres ou ricos. A COVID-19 não escolhe vítima. Qualquer um está sujeito a ocupar um leito no hospital.

Na capital, o índice de ocupação em unidades de tratamento intensivo (UTIs) está em nível vermelho, com taxa de 76,7% das vagas sobrecarregadas. Inseguros para comemorar a data romântica em bares ou restaurantes, parte dos casais prefere ficar em casa.

Leia a reportagem completa: Quem ama protege: casais de BH dizem sim às máscaras no Dia dos Namorados


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade