Publicidade

Estado de Minas VISITA

Obras no Hospital Regional de Teófilo Otoni ainda não têm data pra começar

O reinício das obras, anunciado nesta sexta-feira (11/6) pelo governador Romeu Zema, depende de autorização da Assembleia para utilizar os recursos da Vale


11/06/2021 19:21 - atualizado 11/06/2021 19:34

O governador Romeu Zema e o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, durante a visita às obras do Hospital Regional de Teófilo Otoni(foto: Gil Leonardi/Divulgação)
O governador Romeu Zema e o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, durante a visita às obras do Hospital Regional de Teófilo Otoni (foto: Gil Leonardi/Divulgação)
O governador Romeu Zema, em visita a Teófilo Otoni nesta sexta-feira (11/6), autorizou a retomada das obras de construção do Hospital Regional da cidade. 
As obras do Hospital Regional foram iniciadas em 2014 e, desde então, sempre sofrem paralisações por falta de repasses do governo do Estado. E esses entraves para a conclusão do hospital foram criticados pelo governador Romeu Zema.
 
"O tamanho dessa obra impressiona pelo porte e, de certa maneira, também impressiona pelo mau uso do recurso público. Uma obra dessa ser iniciada e depois ficar parada por tanto tempo significa que nós não temos um setor público que está entregando adequadamente aquilo que deveria para o cidadão", disse, se referindo a governadores que o antecederam. 
 
Zema disse que, se as obras de construção tivessem sido concluídas há 6 anos, "a população do Vale do Mucuri já estaria recebendo atendimento de saúde adequado, principalmente agora, nessa fase de pandemia".
 
Mesmo com esses contratempos, Zema disse que estava satisfeito em autorizar o reinício das obras do Hospital Regional.

"Estamos tendo a oportunidade de entregar essa obra. Eu sempre falo que o nosso governo é um governo que conclui obras inacabadas. Se até o final do meu mandato eu conseguir concluir um terço do que estava inacabado no estado, vai ser um grande feito". 
 

Sem data para começar

Apesar de ter anunciado o reinício das obras de construção do Hospital Regional de Teófilo Otoni, principal cidade do Vale do Mucuri,a data da retomada ainda depende de aprovação da Assembleia Legislativa de Minas, de um acordo celebrado entre o Governo de Minas e a Vale.
 
Zema explicou que o Hospital Regional de Governador Valadares já reiniciou as obras de construção porque, diferentemente do Hospital Regional de Teófilo Otoni, utiliza recursos da Fundação Renova, e não da Vale.

O Hospital Regional de Teófilo Otoni está sendo construído em um terreno de 40 mil metros quadrados e terá 427 leitos, sendo 372 de internação, 30 de UTI adulto e 25 leitos de UTI neonatal, com possibilidade de expansões futuras.


Moradora de Ladainha recebe a escritura de seu imóvel das mãos do governador Romeu Zema(foto: Gil Leonardi/Divulgação)
Moradora de Ladainha recebe a escritura de seu imóvel das mãos do governador Romeu Zema (foto: Gil Leonardi/Divulgação)
 

Visita a Ladainha

Na sexta-feira pela manhã, o governador Romeu Zema foi a Ladainha (a 70 quilômetros de Teófilo Otoni) e entregou 135 títulos de regularização fundiária, atendendo a um antigo anseio de agricultores familiares locais. 
 
Segundo o governo de Minas, Ladainha é um dos municípios mais carentes do estado e mais de 70% dos moradores da cidade vivem na zona rural.

Zema também realizou a entrega de nove kits para irrigação por gotejamento com caixa d’água de 500 litros para produtores da agricultura familiar no município.
 
A ação, que integra o Programa Estadual de Regularização Fundiária Rural, foi criada para democratizar o acesso às terras devolutas (sem registro), além de garantir segurança jurídica por meio do direito à propriedade, o que reduz o êxodo rural e contribui para melhorias na infraestrutura, na produtividade e na renda. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade